Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Gorinchteyn: Pessoas ainda poderão perder vidas por atrasos do governo federal



17/01/2021 | 17:34


O secretário de saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, disse neste domingo, 17, que o atraso do governo federal ainda poderá custar mais vidas.

"Pessoas ainda poderão perder vidas por atrasos do governo federal", disse Gorinchteyn, em discurso feito nesta tarde de domingo em evento no Hospital das Clínicas de São Paulo. "O Brasil tem a chance de colapsar, não é só Amazonas", completou.

Presente ao evento, a enfermeira Mônica Calazans, a primeira brasileira a ser vacinada contra covid-19, falou da importância da imunização. "Povo brasileiro não tenha medo. É a grande chance que temos de salvar vidas", afirmou. "Agradeço a Deus e tenho orgulho do meu trabalho na UTI do Hospital Emílio Ribas, que está lotada", completou.

O evento ainda contou com comentários de outros profissionais de saúde, entre eles, Paulo Menezes, médico epidemiologista e coordenador do Centro de Contingência de Covid-19/SP; João Gabbardo, médico pediatra e coordenador executivo do Centro de Contingência Covid-19/SP; Marcos Sáfadi, médico infectologista e presidente do Departamento de Infectologia da Sociedade Brasileira de Pediatria e Sérgio Cimermman, médico infectologista do Instituto de Infectologia Emílio Ribas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Gorinchteyn: Pessoas ainda poderão perder vidas por atrasos do governo federal


17/01/2021 | 17:34


O secretário de saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, disse neste domingo, 17, que o atraso do governo federal ainda poderá custar mais vidas.

"Pessoas ainda poderão perder vidas por atrasos do governo federal", disse Gorinchteyn, em discurso feito nesta tarde de domingo em evento no Hospital das Clínicas de São Paulo. "O Brasil tem a chance de colapsar, não é só Amazonas", completou.

Presente ao evento, a enfermeira Mônica Calazans, a primeira brasileira a ser vacinada contra covid-19, falou da importância da imunização. "Povo brasileiro não tenha medo. É a grande chance que temos de salvar vidas", afirmou. "Agradeço a Deus e tenho orgulho do meu trabalho na UTI do Hospital Emílio Ribas, que está lotada", completou.

O evento ainda contou com comentários de outros profissionais de saúde, entre eles, Paulo Menezes, médico epidemiologista e coordenador do Centro de Contingência de Covid-19/SP; João Gabbardo, médico pediatra e coordenador executivo do Centro de Contingência Covid-19/SP; Marcos Sáfadi, médico infectologista e presidente do Departamento de Infectologia da Sociedade Brasileira de Pediatria e Sérgio Cimermman, médico infectologista do Instituto de Infectologia Emílio Ribas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;