Fechar
Publicidade

Sábado, 17 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

"Impeachment de Bolsonaro será debatido de forma inevitável no futuro", diz Maia

Najara Araujo/Divulgação Camara dos Deputados Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


15/01/2021 | 17:23


O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta sexta-feira, 15, que o afastamento do presidente da República, Jair Bolsonaro, do cargo, "de forma inevitável, será debatido pelo Congresso no futuro". Bolsonaro sofre críticas pela condução da pandemia do novo coronavírus, em especial sobre a situação de Manaus, onde se esgotou o oxigênio usado para o tratamento de pacientes graves da covid-19.

Em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, Maia disse, entretanto, que um assunto mais urgente é discutir a situação do País no combate à pandemia do novo coronavírus.

O presidente da Câmara esteve acompanhado do governador João Doria (PSDB) e do candidato à sucessão da Casa, Baleia Rossi (MDB-SP).

Rossi voltou a defender que sua candidatura à Presidência da Câmara não é uma candidatura de "oposição ao governo, mas de independência da Câmara".

"Uma candidatura não pode ter como bandeira, o impedimento do presidente", disse o parlamentar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

"Impeachment de Bolsonaro será debatido de forma inevitável no futuro", diz Maia


15/01/2021 | 17:23


O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta sexta-feira, 15, que o afastamento do presidente da República, Jair Bolsonaro, do cargo, "de forma inevitável, será debatido pelo Congresso no futuro". Bolsonaro sofre críticas pela condução da pandemia do novo coronavírus, em especial sobre a situação de Manaus, onde se esgotou o oxigênio usado para o tratamento de pacientes graves da covid-19.

Em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, Maia disse, entretanto, que um assunto mais urgente é discutir a situação do País no combate à pandemia do novo coronavírus.

O presidente da Câmara esteve acompanhado do governador João Doria (PSDB) e do candidato à sucessão da Casa, Baleia Rossi (MDB-SP).

Rossi voltou a defender que sua candidatura à Presidência da Câmara não é uma candidatura de "oposição ao governo, mas de independência da Câmara".

"Uma candidatura não pode ter como bandeira, o impedimento do presidente", disse o parlamentar.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;