Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Açougueiro faz ‘esculturas’ em carne


Adriana Ferraz
Do Diário do Grande ABC

13/08/2007 | 07:06


Israel Guilherme Soares, 52 anos, vive dias de celebridade. Açougueiro há 40 anos, o funcionário do mercado Fenícia, no Parque Novo Oratório, em Santo André, passou a ser reconhecido nas ruas e elogiado pelos clientes, que fazem fila para colocar na mesa uma receita para lá de original.

Na vitrine de carnes, o motivo da fama: peças esculpidas em forma de animais. O mais concorrido é o lagarto, feito com acém, braço, e cupim. Mas é possível também levar para casa jacarés, iguanas e até tartarugas.

A idéia é lucrativa. Cada bicho custa cerca de R$ 20. O formato e o recheio são escolhas do cliente, que fazem a propaganda boca-a-boca. Depois de uma aparição na TV Globo – Israel deu entrevista à apresentadora Ana Maria Braga –, os pedidos aumentaram e os planos do açougueiro também.

“Tudo começou com um sonho que tive. Vi, na parede de uma escola, um animal desenhado e fiquei com aquela imagem na cabeça. Quando cheguei no trabalho, comecei a praticar e logo consegui fazer a primeira peça. Todo mundo gostou. Hoje, assisto a programas do tipo mundo animal para tirar inspiração”, conta.

Assistente - O negócio cresceu e, hoje, Israel conta com uma assistente encarregada da preparação dos recheios. Mary Ellen Godoy de Andrade, 24 anos, usa bacon, calabresa, batata, pimentão e outros temperos, de acordo com o gosto do freguês. “O ideal é que o cliente compre a peça e leve ao forno. Assada, a carne não perde o formato original", aconselha ela.

Com as vendas em ascensão, o açougueiro famoso já programa incrementar o leque de opções. “Estou treinando para fazer um caranguejo. Acho que as pessoas vão gostar. Fico orgulhoso por esse reconhecimento.”

Os donos do mercado tiveram aumento de 10% a 15% nas vendas.


Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;