Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Santo André apresenta plano para vacinação contra a Covid

Yasmim Assagra/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Administração prevê imunização de 120 mil pessoas na primeira fase; estoque conta com mais de 1 milhão de insumos


Yasmim Assagra
Do Diário do Grande ABC

13/01/2021 | 13:18


A Prefeitura de Santo André apresentou, na manhã desta quarta-feira (13), a infraestrutura da cidade para iniciar o plano de vacinação contra a Covid-19. O prefeito da cidade, Paulo Serra (PSDB), vistoriou o Centro de Gestão de Suprimentos da Saúde, na Vila Homero Thon e informou que o município conta com mais de 1 milhão de insumos no estoque para atender a demanda de imunização, prevista pelo Estado para começar no próximo dia 25.

Segundo a administração, o estoque de agulhas está acima de 720 mil e de seringas, mais de 400 mil, com capacidade desse número triplicar, conforme a chegada das doses no município. Segundo o secretário de Saúde, Márcio Chaves, com todo planejamento, a cidade prevê vacinar cerca de 120 mil pessoas, entre os dias 25 de janeiro e 21 de março, período classificado como primeira etapa.

"Com esses números em estoque, é possível vacinar por cinco meses, nas 32 UBSs (Unidade Básica de Saúde) da cidade", detalha Chaves. O secretário ainda comentou que para vacinação serão mais de 1.200 profissionais remanejados na campanha. "Além disso, teremos 37 pontos extras de vacinação nas escolas para evitar aglomerações, pontos de drive-thru e 17 equipes para atender acamados", completa.

Segundo o prefeito, assim que a vacina for autorizada e logo chegar no município, o início da vacinação é imediato. "A cidade se preparou e planejou toda compra e logística. Estamos preparados para receber a vacina", destaca Serra.

O Estado ainda aguarda a aprovação pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) da vacina Coronavac para distribuição aos municípios.

Mais informações, amanhã (14) no caderno de Setecidades. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santo André apresenta plano para vacinação contra a Covid

Administração prevê imunização de 120 mil pessoas na primeira fase; estoque conta com mais de 1 milhão de insumos

Yasmim Assagra
Do Diário do Grande ABC

13/01/2021 | 13:18


A Prefeitura de Santo André apresentou, na manhã desta quarta-feira (13), a infraestrutura da cidade para iniciar o plano de vacinação contra a Covid-19. O prefeito da cidade, Paulo Serra (PSDB), vistoriou o Centro de Gestão de Suprimentos da Saúde, na Vila Homero Thon e informou que o município conta com mais de 1 milhão de insumos no estoque para atender a demanda de imunização, prevista pelo Estado para começar no próximo dia 25.

Segundo a administração, o estoque de agulhas está acima de 720 mil e de seringas, mais de 400 mil, com capacidade desse número triplicar, conforme a chegada das doses no município. Segundo o secretário de Saúde, Márcio Chaves, com todo planejamento, a cidade prevê vacinar cerca de 120 mil pessoas, entre os dias 25 de janeiro e 21 de março, período classificado como primeira etapa.

"Com esses números em estoque, é possível vacinar por cinco meses, nas 32 UBSs (Unidade Básica de Saúde) da cidade", detalha Chaves. O secretário ainda comentou que para vacinação serão mais de 1.200 profissionais remanejados na campanha. "Além disso, teremos 37 pontos extras de vacinação nas escolas para evitar aglomerações, pontos de drive-thru e 17 equipes para atender acamados", completa.

Segundo o prefeito, assim que a vacina for autorizada e logo chegar no município, o início da vacinação é imediato. "A cidade se preparou e planejou toda compra e logística. Estamos preparados para receber a vacina", destaca Serra.

O Estado ainda aguarda a aprovação pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) da vacina Coronavac para distribuição aos municípios.

Mais informações, amanhã (14) no caderno de Setecidades. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;