Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Sucesso mundial em versão brasileira


Márcio Maio
Da TV Press

29/07/2007 | 07:09


Boas idéias costumam ser copiadas. Ou, pelo menos, adaptadas. É nisso que a Rede TV! aposta para colocar no ar em agosto a série Donas de Casa Desesperadas. A versão brasileira da norte-americana Desperate Housewives, da Sony, explorará o cotidiano de donas-de-casa que, apesar de parecerem felizes e ajustadas, na verdade estão prestes a ter um colapso nervoso.

Desde a mulher perfeccionista, que coloca o casamento em risco por tentar viver sempre uma vida de “comercial de margarina”, à fogosa ex-modelo que se aventura com o jardineiro, as protagonistas explorarão, ao longo de 23 episódios, as vantagens e desvantagens das mulheres “do lar”.

“Temos uma fórmula que já alcançou sucesso mundial. Só precisamos diferenciar os hábitos, costumes e as tradições culturais, adaptando-os ao cenário brasileiro”, afirma o confiante Fábio Barreto, diretor do programa.

A história começa quando Alice, interpretada por Sônia Braga, se cansa de esconder um segredo e resolve se suicidar. A partir daí, ela, do “além”, passa a narrar a história de Donas de Casas Desesperadas.

Sônia Braga tem um motivo a mais para se dedicar ao projeto na nova casa. “Sempre quis trabalhar com rádio porque acho minha voz forte. Essa personagem é uma forma de trabalhar esse lado”, justifica a atriz.

Além dela, Lucélia Santos, Viétia Zangrandi, Teresa Seiblitz, Franciely Freduzeski e Isadora Ribeiro encabeçam a lista de protagonistas.

Os diálogos e as situações apresentadas serão as mesmas dos episódios da primeira temporada de Desperate Housewives.

O seriado se passa no bairro fictício de Arvoredo e está sendo todo gravado em uma cidade cenográfica em Buenos Aires, na Argentina, com 45 mil m².

A emissora já investiu mais de US$ 5 milhões na produção, o que representa uma média de US$ 220 mil por episódio.

Prevista para estrear no dia 12 de agosto, a série deverá ser exibida no mesmo horário em que a versão original atualmente é transmitida. O programa vai ao ar aos domingos, às 22 horas, logo após o Pânico na TV.

Se a iniciativa tiver um resultado positivo, o contrato dos atores garante a preferência para participação em temporadas futuras. Além das protagonistas, estão no elenco André Mauro, Vera Gimenez, Douglas Simon, Alexandre Schumacher, Iran Malfitano, Leon Góes e Paulo Reis.

Quem é quem

- Alice Monteiro (Sônia Braga) – A Mary Alice da versão original, vivida por Brenda Strong. Casada e com um filho. Aparentemente feliz, esconde um segredo que a leva ao suicídio.

- Susana Mayer (Lucélia Santos) – A Susan da versão original, vivida por Teri Hatcher. Dona de casa atrapalhada com uma filha adolescente. Se separou do marido depois de descobrir que ele era infiel.

- Lígia Salgado (Teresa Seiblitz) – A Linette da versão original, vivida por Felicity Huffman. Abandonou sua carreira para dedicar-se à família e, em seis anos, teve quatro filhos.

- Elisa Fernandes (Viétia Zangrandi) – A Bree da versão original, vivida por Marcia Cross. Dona de casa impecável e obsessiva por arrumação. Casada e com dois filhos adolescentes, tenta mostrar que sua vida é perfeita. Mas está longe disso.

- Gabriela Solis (Franciely Freduzeski) – A Gabrielle da versão original, vivida por Eva Longoria. Teve uma vida difícil até se tornar modelo. Durante um desfile, conheceu seu marido e largou tudo para ter uma vida confortável e luxuosa. Mas, depois de casada, começou a achar a vida monótona e procurou a solução em um caso com seu jardineiro.

- Vera Marques (Isadora Ribeiro) – A Edie da versão original, vivida por Nicollette Scheridan. Moradora de Arvoredo, trabalha como corretora de imóveis. Ousada e atrevida, desperta o ciúme das vizinhas por seus belos dotes e seu comportamento.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;