Fechar
Publicidade

Domingo, 16 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Trump pede a manifestantes que saiam do Congresso e voltem para casa 'em paz'



06/01/2021 | 18:40


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, divulgou um vídeo em suas redes sociais em que pede aos manifestantes que invadiram o Congresso nesta quarta-feira, 6, para que saiam do prédio e voltem para casa "em paz". O líder da Casa Branca, contudo, voltou a dizer, sem apresentar provas, que a eleição presidencial foi "fraudulenta".

O Capitólio foi invadido durante o processo de certificação da vitória de Joe Biden, que assume o cargo no dia 20 de janeiro.

"Eu conheço sua dor, tivemos uma eleição que foi roubada de nós, mas vocês tem que ir para casa agora. Precisamos ter paz. Precisamos ter lei e ordem", disse o republicano. "Não queremos ninguém machucado", frisou.

Trump já havia feito um apelo no Twitter para que seus apoiadores protestassem de modo pacífico.

A porta-voz da Casa Branca, Kayleigh McEnany, disse que Guarda Nacional foi enviada para o Congresso.

Já o vice-presidente do país, Mike Pence, pediu o fim da violência.

Antes da invasão no Capitólio, os legisladores aliados de Trump haviam questionado a certificação dos votos do Arizona.

O próprio presidente, por sua vez, declarou que nunca admitirá a derrota para Biden.

O democrata conquistou 306 votos no Colégio Eleitoral, contra 232 do republicano.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Trump pede a manifestantes que saiam do Congresso e voltem para casa 'em paz'


06/01/2021 | 18:40


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, divulgou um vídeo em suas redes sociais em que pede aos manifestantes que invadiram o Congresso nesta quarta-feira, 6, para que saiam do prédio e voltem para casa "em paz". O líder da Casa Branca, contudo, voltou a dizer, sem apresentar provas, que a eleição presidencial foi "fraudulenta".

O Capitólio foi invadido durante o processo de certificação da vitória de Joe Biden, que assume o cargo no dia 20 de janeiro.

"Eu conheço sua dor, tivemos uma eleição que foi roubada de nós, mas vocês tem que ir para casa agora. Precisamos ter paz. Precisamos ter lei e ordem", disse o republicano. "Não queremos ninguém machucado", frisou.

Trump já havia feito um apelo no Twitter para que seus apoiadores protestassem de modo pacífico.

A porta-voz da Casa Branca, Kayleigh McEnany, disse que Guarda Nacional foi enviada para o Congresso.

Já o vice-presidente do país, Mike Pence, pediu o fim da violência.

Antes da invasão no Capitólio, os legisladores aliados de Trump haviam questionado a certificação dos votos do Arizona.

O próprio presidente, por sua vez, declarou que nunca admitirá a derrota para Biden.

O democrata conquistou 306 votos no Colégio Eleitoral, contra 232 do republicano.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;