Fechar
Publicidade

Domingo, 16 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Biden diz que invasão é insurreição e pede a Trump para acabar com violência



06/01/2021 | 18:34


O presidente eleito dos EUA, Joe Biden, fez um pronunciamento contundente contra a violência provocada por apoiadores do presidente Donald Trump que invadiram o Congresso nesta tarde para suspender a sessão conjunta da Câmara dos Representantes e do Senado dedicada referendar a vitória do democrata no colégio eleitoral.

"A violência que vimos é um ataque sem precedentes à democracia, ao Estado de Direito", destacou o presidente eleito. "As cenas vistas foram provocadas por um pequeno número de extremistas, que não são o que nosso povo é. São ações de rebelião que devem acabar agora", disse Biden. "Peço que o presidente Trump và à TV agora para encerrar estes atos de ocupação. Não é protesto, é insurreição."

E ressaltou: "Estou chocado e triste que nossa democracia chegou a tal momento escuro, mas vamos vencê-lo."

Segundo o democrata, "o trabalho nos próximos quatro anos" de seu governo é de "restaurar a decência, o respeito, não elevando as chamas do caos. Somos os Estados Unidos da América."

"Presidente Trump, aja. Já basta, Já basta. Já basta", enfatizou Biden.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Biden diz que invasão é insurreição e pede a Trump para acabar com violência


06/01/2021 | 18:34


O presidente eleito dos EUA, Joe Biden, fez um pronunciamento contundente contra a violência provocada por apoiadores do presidente Donald Trump que invadiram o Congresso nesta tarde para suspender a sessão conjunta da Câmara dos Representantes e do Senado dedicada referendar a vitória do democrata no colégio eleitoral.

"A violência que vimos é um ataque sem precedentes à democracia, ao Estado de Direito", destacou o presidente eleito. "As cenas vistas foram provocadas por um pequeno número de extremistas, que não são o que nosso povo é. São ações de rebelião que devem acabar agora", disse Biden. "Peço que o presidente Trump và à TV agora para encerrar estes atos de ocupação. Não é protesto, é insurreição."

E ressaltou: "Estou chocado e triste que nossa democracia chegou a tal momento escuro, mas vamos vencê-lo."

Segundo o democrata, "o trabalho nos próximos quatro anos" de seu governo é de "restaurar a decência, o respeito, não elevando as chamas do caos. Somos os Estados Unidos da América."

"Presidente Trump, aja. Já basta, Já basta. Já basta", enfatizou Biden.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;