Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Seca castiga Norte da Mongólia


Do Diário OnLine

15/06/2001 | 14:06


A região Norte da Mongólia está totalmente devastada, castigada pela seca. Cerca de 3,5 mil cabeças de gado morreram porque não têm o que comer, pois a toda a área verde ficou completamente seca, sem nenhum tipo de vegetação.

As cabras, que estão fracas, perderam o leite, que era uma das ricas fontes de alimentação dos moradores da área rural. Aproximadamente 10 mil animais morrem por dia. As pessoas estão se mudando para a área urbana, que está sendo afetada pelo desemprego, devido a superpopulação.

O governo ainda não divulgou o projeto que será realizado para auxiliar as vítimas da seca.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Seca castiga Norte da Mongólia

Do Diário OnLine

15/06/2001 | 14:06


A região Norte da Mongólia está totalmente devastada, castigada pela seca. Cerca de 3,5 mil cabeças de gado morreram porque não têm o que comer, pois a toda a área verde ficou completamente seca, sem nenhum tipo de vegetação.

As cabras, que estão fracas, perderam o leite, que era uma das ricas fontes de alimentação dos moradores da área rural. Aproximadamente 10 mil animais morrem por dia. As pessoas estão se mudando para a área urbana, que está sendo afetada pelo desemprego, devido a superpopulação.

O governo ainda não divulgou o projeto que será realizado para auxiliar as vítimas da seca.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;