Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Rapaz é agredido em frente à Gaviões


Cristiane Bomfim
Do Diário do Grande ABC

02/08/2007 | 07:10


Um rapaz de 25 anos foi agredido com socos e pontapés em frente à subsede da torcida organizada Gaviões da Fiel, na Perimetral, na região central de Santo André. Eram 5h30 de ontem quando o repositor de mercadorias F.C.L. foi abordado por três homens. Sem justificativa, eles teriam começado a agressão. Minutos depois, outros dois homens se juntaram ao grupo. O resultado está estampado no rosto da vítima: nariz e olhos roxos e inchados e arranhões na testa.

Há sete anos, F.C.L. faz o mesmo caminho para o trabalho, no bairro Campestre. Vai a pé porque a distância para ele é curta e o trajeto, até ontem, era tranqüilo. “Nunca tive problemas, apesar da falta de policiamento”, afirma.

Como de rotina, passou na frente da subsede da Gaviões. A porta estava fechada, mas a claridade que saía da fresta explicitava que havia alguém lá dentro. F.C.L. era o único pedestre naquele ponto da Avenida Coronel Alfredo Flaquer. “Eu sempre olho para traz para ver se tem alguém me seguindo. Tenho certeza que não tinha ninguém.”

Poucos passos depois ouviu um grito. “Ei, você falou o quê?” Ao virar-se reparou que três homens o seguiam. “Eu não tinha falado nada. Eles chegaram me empurrando. Parecia que estavam bêbados. A única coisa que me disseram foi: ‘Você está apanhando para não falar mais desse jeito’.” F.C.L. ainda tentou se defender, mas teria sido jogado no chão quando outros dois homens chegaram.

O rapaz afirma que os homens não vestiam uniformes da torcida e não perguntaram para qual time ele torcia. “Não tinha como eles saberem que eu sou são-paulino.” F.C.L. vestia calça preta e uma blusa de moleton azul e preto.

Ele tem certeza de que os agressores saíram de dentro da Gaviões. A briga foi apartada por um motorista de ônibus. “Aí eles fugiram.”

O rapaz ainda caminhou até o trabalho para ser socorrido. Foi levado para o Hospital Santa Helena por uma amiga e dispensado às 13h.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;