Fechar
Publicidade

Sábado, 8 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Petistas acionam comissão de ética contra Joilson, que votou em tucano

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Vereador de São Bernardo apoiou Camolesi; em Sto.André, Leite terá de justificar ato igual


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

05/01/2021 | 04:32


Militantes petistas de São Bernardo protocolaram representação contra o vereador Joílson Santos (PT), que na eleição da mesa diretora da Câmara, na sexta-feira, votou em Estevão Camolesi (PSDB), candidato defendido pelo prefeito da cidade, Orlando Morando (PSDB), em vez de escolher candidatura bancada pela sigla, encabeçada pela vereadora Ana Nice (PT). Em Santo André, a postura de Eduardo Leite (PT), que não só votou em Pedrinho Botaro (PSDB) como comporá a mesa, na função de primeiro secretário, será analisada.

Em documento entregue à comissão de ética do petismo de São Bernardo, os candidatos a vereador Paulo Araújo e Anderson Dalecio dizem que Joilson desobedeceu orientação da executiva municipal, que vetou escolha de candidato ao comando do Legislativo ligado ao governo. Os militantes entendem que Joilson deveria ter votado em Ana Nice mesmo que não houvesse chance de vitória.

“Ocorre que no dia 1º de janeiro, os vereadores eleitos tomam posse e, neste mesmo dia, ocorreria eleição da mesa diretora da casa. Mesmo sem expectativa de ganho, mas para marcar oposição e posicionamento do PT e com orientação do presidente Cleiton Coutinho e com discussão entre os próprios, foi unânime lançar a companheira e vereadora Ana Nice (como candidata a presidente). Mas contrariando as orientações do partido e da bancada, o vereador Joilson Santos votou no candidato do governo, justificando amizade”, alega o pedido de representação.

O Diário apurou que a escolha de Joilson causou mal-estar também entre seus colegas de bancada na Câmara. Ana Nice não retornou aos questionamentos do Diário. Joilson tem sustentando que, mesmo votando em candidato governista, nunca deixou de atuar como oposição a Morando. Além de Joilson e Ana Nice, a bancada petista é formada pelo vereador Getúlio do Amarelinho e pela ex-deputada estadual Ana do Carmo, que retornou à Câmara.

Joilson, que até o ano passado era o líder da bancada petista, afirmou que recebe o pedido de representação no código de ética com “tranquilidade”, já que ele entende que a militância pode questionar qualquer ação que entenda estar em desacordo com o que prega a legenda. “Só quero ver se o PT também vai abrir representação contra o PT que atua lá na Assembleia (Legislativa), já que o partido sempre vota com o PSDB e com o DEM (para a presidência da casa, em troca de ocupar a primeira secretaria). Ou se também vai abrir representação contra o PT em outras câmaras, que também compõem com o PSDB”, pediu Joilson.

Presidente do PT de São Bernardo, Cleiton Coutinho sustentou que a situação merece ser alvo de representação no conselho de ética. “Defendo que haja apuração, não é uma situação normal. Havia determinação para não votar em candidato do governo.”

SANTO ANDRÉ
O PT de Santo André, comandado por Antônio Padre, admite seguir o mesmo expediente contra Eduardo Leite, que decidiu compor chapa com Pedrinho Botaro, candidato do governo do prefeito Paulo Serra (PSDB). Leite decidiu acompanhar o governista em vez de votar em chapa de oposição, encabeçada pelo vereador Ricardo Alvarez (Psol).
“Nesta semana chamarei Eduardo Leite para uma conversa e darei espaço para que possa se explicar”, declarou Padre. Havia deliberação para que o PT não acompanhasse o tucano, como ocorreu na legislatura passada. Wagner Lima, outro vereador do PT, estava na chapa de Alvarez.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Petistas acionam comissão de ética contra Joilson, que votou em tucano

Vereador de São Bernardo apoiou Camolesi; em Sto.André, Leite terá de justificar ato igual

Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

05/01/2021 | 04:32


Militantes petistas de São Bernardo protocolaram representação contra o vereador Joílson Santos (PT), que na eleição da mesa diretora da Câmara, na sexta-feira, votou em Estevão Camolesi (PSDB), candidato defendido pelo prefeito da cidade, Orlando Morando (PSDB), em vez de escolher candidatura bancada pela sigla, encabeçada pela vereadora Ana Nice (PT). Em Santo André, a postura de Eduardo Leite (PT), que não só votou em Pedrinho Botaro (PSDB) como comporá a mesa, na função de primeiro secretário, será analisada.

Em documento entregue à comissão de ética do petismo de São Bernardo, os candidatos a vereador Paulo Araújo e Anderson Dalecio dizem que Joilson desobedeceu orientação da executiva municipal, que vetou escolha de candidato ao comando do Legislativo ligado ao governo. Os militantes entendem que Joilson deveria ter votado em Ana Nice mesmo que não houvesse chance de vitória.

“Ocorre que no dia 1º de janeiro, os vereadores eleitos tomam posse e, neste mesmo dia, ocorreria eleição da mesa diretora da casa. Mesmo sem expectativa de ganho, mas para marcar oposição e posicionamento do PT e com orientação do presidente Cleiton Coutinho e com discussão entre os próprios, foi unânime lançar a companheira e vereadora Ana Nice (como candidata a presidente). Mas contrariando as orientações do partido e da bancada, o vereador Joilson Santos votou no candidato do governo, justificando amizade”, alega o pedido de representação.

O Diário apurou que a escolha de Joilson causou mal-estar também entre seus colegas de bancada na Câmara. Ana Nice não retornou aos questionamentos do Diário. Joilson tem sustentando que, mesmo votando em candidato governista, nunca deixou de atuar como oposição a Morando. Além de Joilson e Ana Nice, a bancada petista é formada pelo vereador Getúlio do Amarelinho e pela ex-deputada estadual Ana do Carmo, que retornou à Câmara.

Joilson, que até o ano passado era o líder da bancada petista, afirmou que recebe o pedido de representação no código de ética com “tranquilidade”, já que ele entende que a militância pode questionar qualquer ação que entenda estar em desacordo com o que prega a legenda. “Só quero ver se o PT também vai abrir representação contra o PT que atua lá na Assembleia (Legislativa), já que o partido sempre vota com o PSDB e com o DEM (para a presidência da casa, em troca de ocupar a primeira secretaria). Ou se também vai abrir representação contra o PT em outras câmaras, que também compõem com o PSDB”, pediu Joilson.

Presidente do PT de São Bernardo, Cleiton Coutinho sustentou que a situação merece ser alvo de representação no conselho de ética. “Defendo que haja apuração, não é uma situação normal. Havia determinação para não votar em candidato do governo.”

SANTO ANDRÉ
O PT de Santo André, comandado por Antônio Padre, admite seguir o mesmo expediente contra Eduardo Leite, que decidiu compor chapa com Pedrinho Botaro, candidato do governo do prefeito Paulo Serra (PSDB). Leite decidiu acompanhar o governista em vez de votar em chapa de oposição, encabeçada pelo vereador Ricardo Alvarez (Psol).
“Nesta semana chamarei Eduardo Leite para uma conversa e darei espaço para que possa se explicar”, declarou Padre. Havia deliberação para que o PT não acompanhasse o tucano, como ocorreu na legislatura passada. Wagner Lima, outro vereador do PT, estava na chapa de Alvarez.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;