Fechar
Publicidade

Sábado, 17 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Morre José Dantas Irmão, o Zelão, 'Rei
do Caldo de Mocotó' de São Bernardo

Banco de Dados/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Fundador da cantina, com duas casas no Centro, não resistiu a complicações causadas pela Covid


Do Diário do Grande ABC

02/01/2021 | 15:38


Morreu no dia 31 José Dantas Irmão, mais conhecido como Zelão, criador e proprietário da Cantina do Zelão, com duas casas no Centro de São Bernardo. Complicações decorrentes da Covid-19 foram a causa do óbito. O estabelecimento ganhou fama graças ao caldo de mocotó, feito também à moda do rei, versão cozida com grão-de-bico, linguiça, paio e costelinha defumada.

A Cantina do Zelão se transformou em ponto de referência da gastronomia nordestina em São Bernardo. O caldo de mocotó inaugurou o Bar do Zelão, em 1977, na Rua Marechal Deodoro, esquina com a Rua João Basso, na quadra do então Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo e Diadema, hoje do ABC.

O bar passou a ser um dos endereços informais do próprio sindicato, nos momentos de normalidade político-sindical e quando das greves e intervenções. O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi um dos frequentadores habituais.

As paredes da Cantina do Zelão, inaugurada em 1989 na Rua Jurubatuba, são decoradas com quadros trazendo reportagens do estabelecimento, a maior parte publicada pelo Diário.

Devido às restrições para tentar conter a disseminação da Covid, a casa funcionava em sistema de retirada ou delivery, mas, após a morte, encontra-se fechada. 


DO SITE DA CANTINA

De acordo com o site da cantina, caldo de mocotó com união de outros temperos e sotaques tornou o estabelecimento em ponto de referência da região. O primeiro espaço foi inaugurado em 1977, na Rua Marechal Deodoro, 2.583, esquina com a Rua João Basso.

Com o sucesso do negócio, em 1989 foi inaugurada a Cantina do Zelão na Rua Jurubatuba, 926, local no qual permanece até hoje.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Morre José Dantas Irmão, o Zelão, 'Rei
do Caldo de Mocotó' de São Bernardo

Fundador da cantina, com duas casas no Centro, não resistiu a complicações causadas pela Covid

Do Diário do Grande ABC

02/01/2021 | 15:38


Morreu no dia 31 José Dantas Irmão, mais conhecido como Zelão, criador e proprietário da Cantina do Zelão, com duas casas no Centro de São Bernardo. Complicações decorrentes da Covid-19 foram a causa do óbito. O estabelecimento ganhou fama graças ao caldo de mocotó, feito também à moda do rei, versão cozida com grão-de-bico, linguiça, paio e costelinha defumada.

A Cantina do Zelão se transformou em ponto de referência da gastronomia nordestina em São Bernardo. O caldo de mocotó inaugurou o Bar do Zelão, em 1977, na Rua Marechal Deodoro, esquina com a Rua João Basso, na quadra do então Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo e Diadema, hoje do ABC.

O bar passou a ser um dos endereços informais do próprio sindicato, nos momentos de normalidade político-sindical e quando das greves e intervenções. O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi um dos frequentadores habituais.

As paredes da Cantina do Zelão, inaugurada em 1989 na Rua Jurubatuba, são decoradas com quadros trazendo reportagens do estabelecimento, a maior parte publicada pelo Diário.

Devido às restrições para tentar conter a disseminação da Covid, a casa funcionava em sistema de retirada ou delivery, mas, após a morte, encontra-se fechada. 


DO SITE DA CANTINA

De acordo com o site da cantina, caldo de mocotó com união de outros temperos e sotaques tornou o estabelecimento em ponto de referência da região. O primeiro espaço foi inaugurado em 1977, na Rua Marechal Deodoro, 2.583, esquina com a Rua João Basso.

Com o sucesso do negócio, em 1989 foi inaugurada a Cantina do Zelão na Rua Jurubatuba, 926, local no qual permanece até hoje.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;