Fechar
Publicidade

Sábado, 17 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Bianchin assume Pasta de Mobilidade no 2º mandato

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Coringa no governo Paulo Serra vai ocupar pasta tendo no escopo obras do BID e CAF, além do transporte público


Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

30/12/2020 | 19:25


O prefeito reeleito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), bateu o martelo em torno do nome de Carlos Bianchin para ocupar o comando da Secretaria de Mobilidade Urbana no segundo mandato. Considerado coringa na administração tucana pela quantidade de funções já exercidas no Paço, ele irá exercer o posto com a missão de dar dinâmica à pasta que tem em seu escopo obras financiadas pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e pela CAF (Corporação Andina de Fomento), banco de desenvolvimento da América Latina), além de tratar do transporte público.

Advogado, Bianchin vai entrar no lugar de Ajan Marques de Oliveira, que será deslocado para o posto de coordenação da denominada UGP (Unidade de Gerenciamento de Projetos), órgão criado na cidade sob exigência das instituições financeiras para acompanhamento das propostas contratadas no acordo. Entre elas, revitalização do Viaduto Castelo Branco, dentro do plano do Complexo Santa Terezinha, e continuidade do Viaduto Cassaquera, dentro do eixo viário do Cassaquera, que envolve também canalização de parte do córrego e novo acesso ao Rodoanel.

“(Bianchin) Irá agregar com toda a sua a capacidade, voltando às áreas de planejamento e operacional. Já exerceu função na gestão à frente (da pasta) de Manutenção e Obras. Ele vai para dar dinâmica, reforçar a equipe com essa dinâmica. Tem competência e, mais uma vez, nos ajudará muito, desta vez em mobilidade, um dos setores mais estratégicos do governo. Temos foco também de continuidade do trabalho de modernização e qualificação do transporte público. Portanto, (a área) abrange grande obras viárias e requalificação do transporte”, justificou Paulo Serra.

Pessoa de confiança do tucano, Bianchin já geriu, entre outras áreas, Saúde, Esporte, Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), Relações Institucionais e fez articulação da Câmara. “Sou soldado do governo e estou disposto a encarar esse novo desafio”, sintetizou o secretário.

Paulo Serra ponderou que irá centralizar as unidades de gerenciamento em único órgão para manter a expertise de Ajan - engenheiro que está desde 2017 na administração - na condução dos projetos viários de grande monta. “Contamos, neste aspecto, com Complexo Santa Terezinha e Cassaquera, mas temos no horizonte também o corredor Taióca (junto à CAF). São três importantes planos inseridos na UGP”, apontou. O primeiro engloba US$ 25 milhões, enquanto o segundo, US$ 50 milhões.

Outra confirmação a partir de 2021 é o ingresso do ex-prefeiturável de Mauá João Veríssimo (PSD). O pessedista, que ficou na terceira colocação no páreo – ao obter 19,50% dos votos válidos, 655 sufrágios atrás do segundo, Marcelo Oliveira (PT), vencedor da disputa municipal - irá ocupar o cargo de assessor especial jurídico. Já o vereador Fábio Lopes (Cidadania) tende a exercer a função de assessor especial de PPPs (Parcerias Público-Privada). Ele recebeu 4.260 adesões nas urnas, só que não conquistou a reeleição. “Ele vem para a gestão. Vai cuidar das PPPs em andamento, mais adiantadas, como outras ainda incipientes, como da Craisa, do lixo e funerária. Isso (se dará) num primeiro momento, depois vai evoluindo. (Governo) É organismo vivo”, adicionou o tucano. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bianchin assume Pasta de Mobilidade no 2º mandato

Coringa no governo Paulo Serra vai ocupar pasta tendo no escopo obras do BID e CAF, além do transporte público

Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

30/12/2020 | 19:25


O prefeito reeleito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), bateu o martelo em torno do nome de Carlos Bianchin para ocupar o comando da Secretaria de Mobilidade Urbana no segundo mandato. Considerado coringa na administração tucana pela quantidade de funções já exercidas no Paço, ele irá exercer o posto com a missão de dar dinâmica à pasta que tem em seu escopo obras financiadas pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e pela CAF (Corporação Andina de Fomento), banco de desenvolvimento da América Latina), além de tratar do transporte público.

Advogado, Bianchin vai entrar no lugar de Ajan Marques de Oliveira, que será deslocado para o posto de coordenação da denominada UGP (Unidade de Gerenciamento de Projetos), órgão criado na cidade sob exigência das instituições financeiras para acompanhamento das propostas contratadas no acordo. Entre elas, revitalização do Viaduto Castelo Branco, dentro do plano do Complexo Santa Terezinha, e continuidade do Viaduto Cassaquera, dentro do eixo viário do Cassaquera, que envolve também canalização de parte do córrego e novo acesso ao Rodoanel.

“(Bianchin) Irá agregar com toda a sua a capacidade, voltando às áreas de planejamento e operacional. Já exerceu função na gestão à frente (da pasta) de Manutenção e Obras. Ele vai para dar dinâmica, reforçar a equipe com essa dinâmica. Tem competência e, mais uma vez, nos ajudará muito, desta vez em mobilidade, um dos setores mais estratégicos do governo. Temos foco também de continuidade do trabalho de modernização e qualificação do transporte público. Portanto, (a área) abrange grande obras viárias e requalificação do transporte”, justificou Paulo Serra.

Pessoa de confiança do tucano, Bianchin já geriu, entre outras áreas, Saúde, Esporte, Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), Relações Institucionais e fez articulação da Câmara. “Sou soldado do governo e estou disposto a encarar esse novo desafio”, sintetizou o secretário.

Paulo Serra ponderou que irá centralizar as unidades de gerenciamento em único órgão para manter a expertise de Ajan - engenheiro que está desde 2017 na administração - na condução dos projetos viários de grande monta. “Contamos, neste aspecto, com Complexo Santa Terezinha e Cassaquera, mas temos no horizonte também o corredor Taióca (junto à CAF). São três importantes planos inseridos na UGP”, apontou. O primeiro engloba US$ 25 milhões, enquanto o segundo, US$ 50 milhões.

Outra confirmação a partir de 2021 é o ingresso do ex-prefeiturável de Mauá João Veríssimo (PSD). O pessedista, que ficou na terceira colocação no páreo – ao obter 19,50% dos votos válidos, 655 sufrágios atrás do segundo, Marcelo Oliveira (PT), vencedor da disputa municipal - irá ocupar o cargo de assessor especial jurídico. Já o vereador Fábio Lopes (Cidadania) tende a exercer a função de assessor especial de PPPs (Parcerias Público-Privada). Ele recebeu 4.260 adesões nas urnas, só que não conquistou a reeleição. “Ele vem para a gestão. Vai cuidar das PPPs em andamento, mais adiantadas, como outras ainda incipientes, como da Craisa, do lixo e funerária. Isso (se dará) num primeiro momento, depois vai evoluindo. (Governo) É organismo vivo”, adicionou o tucano. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;