Fechar
Publicidade

Sábado, 10 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Tecnologia

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301

Em que lugar do mundo é mais barato ser um gamer?

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

24/12/2020 | 15:18


Quanto você teria que pagar por um console de última geração no Brasil? Quão diferente são os preços em outros países? Em que lugar do mundo é mais barato ser um gamer? Os analistas do Picodi.com pesquisaram os preços mais recentes de videogames e os serviços de assinaturas das duas plataformas mais populares para responder a essas perguntas.

O relatório é baseado nos preços locais de consoles de videogame (PlayStation 5 Standard e Xbox Series X), com um controle e sem nenhum jogo. Os preços vêm dos sites oficiais de PlayStation, Xbox e revendedores locais, disponíveis no início de dezembro de 2020. Para a conversão da moeda, o Picodi.com usou a taxa de câmbio média de novembro de 2020.

Leia mais:
Dicionário gamer: os termos mais usados entre jogadores
Os 50 melhores jogos para videogame de todos os tempos
PC Gamer: vejas dicas práticas para montar o seu

Mais de R$ 7.500 por um console

A empresa constatou que os fãs do PlayStation na Ucrânia são os que mais gastam para ter o último console da Sony, saindo por até R$ 7.590. O novo Xbox, por sua vez, é mais caro na Argentina, tendo o preço médio de R$ 6.950. Os melhores valores para ambos os videogames pode ser encontrado no Canadá, custando, respectivamente, R$ 2.640 e R$ 2.520.

No Brasil, o PlayStation tem preço semelhante ao do Xbox. Para os consoles mais recentes, os jogadores teriam que desembolsar R$ 4.700 e R$ 4.600, respectivamente.

Um console de jogos não é suficiente

Tanto a Sony quanto a Microsoft oferecem serviços de assinaturas que permitem o modo multiplayer. São eles: PlayStation Plus e Xbox Live Gold. Os usuários também recebem vários jogos gratuitamente a cada mês. No entanto, assim como os preços dos videogames, os custos variam dependendo de cada país. Na comparação, a Turquia ficou em primeiro lugar com as assinaturas mais baratas: PlayStation Plus (R$ 120) e o Xbox Live Gold (R$ 210).

No final da classificação estão os chilenos que pagam cerca de R$ 660 por uma assinatura do Xbox Live Gold, enquanto os suíços estão pagando o equivalente a R$ 420 pelo PS Plus. Conforme declarado pelas empresas, os preços das assinaturas refletem as economias de mercado locais.

Resumo de custos

O Picodi.com também comparou os custos que envolvem ter um console de videogame e a sua assinatura anual. Para os fãs de videogame, o Canadá é o lugar perfeito, uma vez que o país oferece valores acessíveis em ambas as categorias. Já o Brasil ficou no meio do ranking, pagando R$ 4.850 para o combo PlayStation e R$ 4.940 pelo conjunto Xbox.

Uma coisa é certa, porém, ser um gamer na Argentina é complicado, já que os conjuntos custam R$ 7.170 (PlayStation) e R$ 7.390 (Xbox). O único país onde o conjunto de PlayStation é mais caro é na Ucrânia, por R$ 7.840.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em que lugar do mundo é mais barato ser um gamer?

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

24/12/2020 | 15:18


Quanto você teria que pagar por um console de última geração no Brasil? Quão diferente são os preços em outros países? Em que lugar do mundo é mais barato ser um gamer? Os analistas do Picodi.com pesquisaram os preços mais recentes de videogames e os serviços de assinaturas das duas plataformas mais populares para responder a essas perguntas.

O relatório é baseado nos preços locais de consoles de videogame (PlayStation 5 Standard e Xbox Series X), com um controle e sem nenhum jogo. Os preços vêm dos sites oficiais de PlayStation, Xbox e revendedores locais, disponíveis no início de dezembro de 2020. Para a conversão da moeda, o Picodi.com usou a taxa de câmbio média de novembro de 2020.

Leia mais:
Dicionário gamer: os termos mais usados entre jogadores
Os 50 melhores jogos para videogame de todos os tempos
PC Gamer: vejas dicas práticas para montar o seu

Mais de R$ 7.500 por um console

A empresa constatou que os fãs do PlayStation na Ucrânia são os que mais gastam para ter o último console da Sony, saindo por até R$ 7.590. O novo Xbox, por sua vez, é mais caro na Argentina, tendo o preço médio de R$ 6.950. Os melhores valores para ambos os videogames pode ser encontrado no Canadá, custando, respectivamente, R$ 2.640 e R$ 2.520.

No Brasil, o PlayStation tem preço semelhante ao do Xbox. Para os consoles mais recentes, os jogadores teriam que desembolsar R$ 4.700 e R$ 4.600, respectivamente.

Um console de jogos não é suficiente

Tanto a Sony quanto a Microsoft oferecem serviços de assinaturas que permitem o modo multiplayer. São eles: PlayStation Plus e Xbox Live Gold. Os usuários também recebem vários jogos gratuitamente a cada mês. No entanto, assim como os preços dos videogames, os custos variam dependendo de cada país. Na comparação, a Turquia ficou em primeiro lugar com as assinaturas mais baratas: PlayStation Plus (R$ 120) e o Xbox Live Gold (R$ 210).

No final da classificação estão os chilenos que pagam cerca de R$ 660 por uma assinatura do Xbox Live Gold, enquanto os suíços estão pagando o equivalente a R$ 420 pelo PS Plus. Conforme declarado pelas empresas, os preços das assinaturas refletem as economias de mercado locais.

Resumo de custos

O Picodi.com também comparou os custos que envolvem ter um console de videogame e a sua assinatura anual. Para os fãs de videogame, o Canadá é o lugar perfeito, uma vez que o país oferece valores acessíveis em ambas as categorias. Já o Brasil ficou no meio do ranking, pagando R$ 4.850 para o combo PlayStation e R$ 4.940 pelo conjunto Xbox.

Uma coisa é certa, porém, ser um gamer na Argentina é complicado, já que os conjuntos custam R$ 7.170 (PlayStation) e R$ 7.390 (Xbox). O único país onde o conjunto de PlayStation é mais caro é na Ucrânia, por R$ 7.840.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;