Fechar
Publicidade

Sábado, 10 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Casares diz contar com ajuda de Kaká em sua gestão no São Paulo

Reprodução/Instragram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


18/12/2020 | 12:25


Kaká retornará ao São Paulo em 2021. Não como jogador, mas como dirigente. Segundo o presidente eleito do clube paulista, Julio Casares, o ex-atleta integrará um "grupo de inteligência" na gestão que começa efetivamente no primeiro dia de 2021, mas já está em andamento na fase de transição da saída de Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

"Eu não tenho dúvidas de que o Kaká irá nos ajudar", afirmou Casares, em entrevista ao canal BandSports.

O presidente explicou que a parceria entre ex-jogador e clube não será remunerada. Segundo Casares, esse é um pedido do próprio jogador, que pretende retornar ao clube como uma espécie de "estagiário". "Ele me disse: Julio, quero continuar aprendendo", disse o dirigente, que avaliou que é desse tipo de ajuda que o São Paulo precisa. "Contamos com o Kaká, no tempo certo", concluiu.

A confirmação da presença do ex-jogador na gestão de Casares já era especulada. Antes do presidente falar sobre o papel de Kaká no clube, o narrador Galvão Bueno afirmou que o ídolo do São Paulo poderia aparecer na diretoria do clube, em 2021. "Kaká disse que algum dia teria que voltar ao Milan na função de diretor, mas que ainda não se sentia preparado. Ele queria estudar. Será que ele já está preparado agora para o São Paulo?", questionou Galvão, durante o programa Seleção SporTV.

Desde o fim de sua carreira, em 2017, Kaká dedica-se à capacitação para tornar-se dirigente. Ele já fez dois cursos de gestão esportiva. Um em 2019, na Fundação Getúlio Vargas e outro na Uefa, em 2020. Até o momento, o único membro do novo departamento de futebol do São Paulo é o ex-treinador Muricy Ramalho. Ele assumirá a coordenação de futebol.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Casares diz contar com ajuda de Kaká em sua gestão no São Paulo


18/12/2020 | 12:25


Kaká retornará ao São Paulo em 2021. Não como jogador, mas como dirigente. Segundo o presidente eleito do clube paulista, Julio Casares, o ex-atleta integrará um "grupo de inteligência" na gestão que começa efetivamente no primeiro dia de 2021, mas já está em andamento na fase de transição da saída de Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

"Eu não tenho dúvidas de que o Kaká irá nos ajudar", afirmou Casares, em entrevista ao canal BandSports.

O presidente explicou que a parceria entre ex-jogador e clube não será remunerada. Segundo Casares, esse é um pedido do próprio jogador, que pretende retornar ao clube como uma espécie de "estagiário". "Ele me disse: Julio, quero continuar aprendendo", disse o dirigente, que avaliou que é desse tipo de ajuda que o São Paulo precisa. "Contamos com o Kaká, no tempo certo", concluiu.

A confirmação da presença do ex-jogador na gestão de Casares já era especulada. Antes do presidente falar sobre o papel de Kaká no clube, o narrador Galvão Bueno afirmou que o ídolo do São Paulo poderia aparecer na diretoria do clube, em 2021. "Kaká disse que algum dia teria que voltar ao Milan na função de diretor, mas que ainda não se sentia preparado. Ele queria estudar. Será que ele já está preparado agora para o São Paulo?", questionou Galvão, durante o programa Seleção SporTV.

Desde o fim de sua carreira, em 2017, Kaká dedica-se à capacitação para tornar-se dirigente. Ele já fez dois cursos de gestão esportiva. Um em 2019, na Fundação Getúlio Vargas e outro na Uefa, em 2020. Até o momento, o único membro do novo departamento de futebol do São Paulo é o ex-treinador Muricy Ramalho. Ele assumirá a coordenação de futebol.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;