Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 11 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Mortes por Covid-19 sobem pela quinta semana seguida

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Média é de 20 falecimentos diários e total é de 99 desde domingo; região soma 3.318 óbitos


Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

17/12/2020 | 22:00


Considerando a média diária de mortes causadas pela Covid-19, esta é a quinta semana consecutiva de alta no Grande ABC. Desde domingo, são 99 falecimentos, cerca de 20 a cada 24 horas. Trata-se da maior média desde o período entre os dias 19 e 25 de julho, quando 22 óbitos foram registrados a cada dia, totalizando 151 vítimas fatais naquela semana. Ao todo, a região registra 3.318 perdas desde o início da pandemia, em março.

Em relação aos casos, são 93.948 diagnósticos, sendo que 2.637 foram confirmados nesta semana. São Bernardo contabiliza 37.442 positivos e 1.156 mortes, seguida de Santo André (27.060 casos e 789 óbitos), Diadema (12.182 confirmações e 539 perdas), Mauá (7.783 infectados e 400 falecimentos), São Caetano (5.759 diagnósticos e 293 vítimas fatais), Ribeirão Pires (2.961 casos e 113 baixas) e Rio Grande da Serra (761 infectados e 28 mortes). São 77.481 curados ao todo.

A ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) é de 62,69% em Santo André, 70% em São Bernardo e 48% em São Caetano. No boletim epidemiológico, Diadema informou que a ocupação dos leitos de enfermaria e unidades de terapia intensiva destinados ao tratamento da Covid é de 44% na cidade. Ribeirão Pires não conta com vagas de UTI, porém, a ocupação dos leitos de emergência e de enfermaria é de 56%.

Em São Paulo, são 1.361.731 moradores infectados, dos quais 44.681 faleceram e 1.195.792 foram recuperados. A taxa de ocupação dos leitos de UTI é de 61,1% em todo Estado.

O Ministério da Saúde registra 7.110.434 diagnósticos e 184.827 óbitos no País. Pelo menos 6.177.702 brasileiros estão curados</CW>.[08.ASSINA_PE]<TL>



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mortes por Covid-19 sobem pela quinta semana seguida

Média é de 20 falecimentos diários e total é de 99 desde domingo; região soma 3.318 óbitos

Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

17/12/2020 | 22:00


Considerando a média diária de mortes causadas pela Covid-19, esta é a quinta semana consecutiva de alta no Grande ABC. Desde domingo, são 99 falecimentos, cerca de 20 a cada 24 horas. Trata-se da maior média desde o período entre os dias 19 e 25 de julho, quando 22 óbitos foram registrados a cada dia, totalizando 151 vítimas fatais naquela semana. Ao todo, a região registra 3.318 perdas desde o início da pandemia, em março.

Em relação aos casos, são 93.948 diagnósticos, sendo que 2.637 foram confirmados nesta semana. São Bernardo contabiliza 37.442 positivos e 1.156 mortes, seguida de Santo André (27.060 casos e 789 óbitos), Diadema (12.182 confirmações e 539 perdas), Mauá (7.783 infectados e 400 falecimentos), São Caetano (5.759 diagnósticos e 293 vítimas fatais), Ribeirão Pires (2.961 casos e 113 baixas) e Rio Grande da Serra (761 infectados e 28 mortes). São 77.481 curados ao todo.

A ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) é de 62,69% em Santo André, 70% em São Bernardo e 48% em São Caetano. No boletim epidemiológico, Diadema informou que a ocupação dos leitos de enfermaria e unidades de terapia intensiva destinados ao tratamento da Covid é de 44% na cidade. Ribeirão Pires não conta com vagas de UTI, porém, a ocupação dos leitos de emergência e de enfermaria é de 56%.

Em São Paulo, são 1.361.731 moradores infectados, dos quais 44.681 faleceram e 1.195.792 foram recuperados. A taxa de ocupação dos leitos de UTI é de 61,1% em todo Estado.

O Ministério da Saúde registra 7.110.434 diagnósticos e 184.827 óbitos no País. Pelo menos 6.177.702 brasileiros estão curados</CW>.[08.ASSINA_PE]<TL>

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;