Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Mulher seqüestrada em SP forjou crime, diz polícia


Do Diário OnLine

03/02/2004 | 08:59


A Polícia Civil informou, na tarde desta segunda-feira, que Rosimeire Rodrigues da Silva, 26 anos, libertada de um seqüestro no domingo à noite em Perus, zona Oeste de São Paulo, na verdade forjou o crime.

Quando foi libertada do suposto cativeiro, Rosimeire relatou ter sido estuprada e obrigada a consumir drogas. Um telefonema anônimo, porém, revelou a farsa. Depois que a polícia recebeu a ligação relatando que a ‘vítima’ estava no local por livre espontânea vontade, os investigadores a chamaram para um novo depoimento e ela confessou tudo.

Rosimeire, uma brasileira que mora na Suíça com o marido e estava no Brasil para visitar parentes, disse que havia traído o companheiro e não queria que ele descobrisse. O paradeiro dela foi descoberto porque policiais encontraram seu carro parado com dois homens dentro. O motorista, Elton da Silva, 18 anos, disse que o automóvel era da namorada de seu tio.

Ao chegar no imóvel, Rosimeire estava sozinha e disse que havia sido seqüestrada. A dupla foi presa em flagrante. Apesar de desfeito o ‘mal entendido’, os dois continuam detidos por tráfico de drogas, já que portavam cocaína.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;