Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 16 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Tecnologia

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301

8 tarefas que você não imaginava que faria online

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

11/12/2020 | 13:48


As transformações digitais dos últimos anos mudaram a rotina dos brasileiros. Este ano, com a pandemia de covid-19 e o isolamento social, isso ficou ainda mais evidente, tornando a internet uma grande aliada. Com esse novo cenário, diversas atividades que não eram possíveis de se realizar no ambiente digital se tornaram realidade, trazendo mais comodidade e segurança para o dia a dia. Pensando nisso, o 33Giga separou oito tarefas que você não imaginava que faria online, mas que agora estão disponíveis. Confira!

Leia mais:
#FiqueEmCasa: meditação com ovelhas, leitura de futuro e mais experiências online do Airbnb
Veja 5 startups que misturam inovação com responsabilidade social

1. Contratar crédito

Se antes era necessário diversas idas ao banco com diversos documentos à mão, atualmente é possível fazer transações financeiras, incluindo a contratação de um empréstimo, diretamente pela internet. É o caso do serviço oferecido pela bxblue, fintech de empréstimo consignado. Por meio da plataforma, servidores públicos e aposentados podem comparar ofertas, escolher a que melhor se encaixa ao seu perfil e contratar online. E mais: com parcerias com os principais bancos, a ferramenta permite que os usuários contratem com taxas abaixo da média do mercado.

2. Conseguir um financiamento estudantil

A fintech Provi financia o curso de graduação desejado com os parceiros selecionados e em até 24x sem juros no boleto. O grande diferencial da empresa é que o histórico de crédito de uma pessoa não pode servir como barreira na hora de estudar e, por isso, a famosa análise no SPC/Serasa não é o único fator levado em consideração na hora de aprovar um financiamento.

3. Realizar compra de supermercado

O isolamento social e o novo perfil de consumo fez com que os modelos de mercados autônomos em condomínios ganhassem espaço por ser a forma mais segura e cômoda dos moradores realizarem suas compras, evitando as aglomerações. O market4u é um exemplo. A empresa instala dentro dos prédios um pequeno mercado autônomo, sem atendentes, para que os moradores possam realizar suas compras por meio do aplicativo da empresa. Basta fazer o cadastro e efetivar o pagamento dos produtos que adquiriu, tudo isso de forma online e sem precisar ter contato com nenhum tipo de máquina.

4. Experimentar produtos antes de comprar

As pessoas descobriram que comprar online pode ser mais prático e cômodo. As marcas perceberam essa tendência e, para gerar uma melhor experiência ao consumidor, começaram a investir em inovações, como o uso de tecnologias imersivas de realidade aumentada. A More Than Real, por exemplo, permite um contato único e divertido, fazendo com que os clientes possam ficar mais próximos dos produtos de desejo e sendo decisivo para efetivação da compra.

5. Escolher o melhor produto para cuidar dos cabelos

O cuidado com os cabelos faz parte do dia a dia das pessoas. Mas encontrar um produto adequado para suas características nem sempre fácil. É aí que entra a JustForYou. A beauty tech brasileira usa um questionário e inteligência artificial para desenvolver fórmulas personalizadas para shampoos e condicionadores. Os clientes recebem os itens personalizados para cada necessidade capilar em suas casas.

6. Cuidar da saúde e bem-estar mental

Mesmo em tempos de isolamento social, a psicoterapia continua sendo uma das principais maneiras para cuidar da saúde mental. Atualmente, existem diversas maneiras de iniciar e dar continuidade aos tratamentos psicológicos sem a necessidade da presença física, auxiliando os pacientes a terem um entendimento maior sobre as questões que os afligem diretamente de suas casas. Uma boa maneira de ter um tratamento desse tipo é buscar plataformas certificadas em psicologia, que conectam pacientes a especialistas, como o caso da clínica digital Telavita.

7. Agilizar o check-in de voos por biometria facial

Com o avanço da tecnologia, cresce também a necessidade de ampliar os níveis de segurança em diversos segmentos, principalmente na hora de agilizar os processos de embarque nos voos. A FullFace, empresa brasileira de biometria facial, oferece o Selfie Check-In, recurso que utiliza o reconhecimento facial para a realização do check-in, por meio do aplicativo da empresa no celular dos passageiros de onde eles estiverem.

8. Tirar cidadania europeia

Encontrar documentos de antepassados, comprovar árvore genealógica e linha materna, tradução juramentada, retificação administrativa e judicial são alguns dos procedimentos necessários para tirar cidadania italiana e portuguesa, e que demandam tempo, dedicação e pesquisa. Atualmente, a Cidadania4u oferece a possibilidade de fazer todo o processo via aplicativo ou pelo site, com assessoria in loco na Itália e em Portugal, garantindo maior transparência e rapidez para tirar o passaporte desses países.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

8 tarefas que você não imaginava que faria online

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

11/12/2020 | 13:48


As transformações digitais dos últimos anos mudaram a rotina dos brasileiros. Este ano, com a pandemia de covid-19 e o isolamento social, isso ficou ainda mais evidente, tornando a internet uma grande aliada. Com esse novo cenário, diversas atividades que não eram possíveis de se realizar no ambiente digital se tornaram realidade, trazendo mais comodidade e segurança para o dia a dia. Pensando nisso, o 33Giga separou oito tarefas que você não imaginava que faria online, mas que agora estão disponíveis. Confira!

Leia mais:
#FiqueEmCasa: meditação com ovelhas, leitura de futuro e mais experiências online do Airbnb
Veja 5 startups que misturam inovação com responsabilidade social

1. Contratar crédito

Se antes era necessário diversas idas ao banco com diversos documentos à mão, atualmente é possível fazer transações financeiras, incluindo a contratação de um empréstimo, diretamente pela internet. É o caso do serviço oferecido pela bxblue, fintech de empréstimo consignado. Por meio da plataforma, servidores públicos e aposentados podem comparar ofertas, escolher a que melhor se encaixa ao seu perfil e contratar online. E mais: com parcerias com os principais bancos, a ferramenta permite que os usuários contratem com taxas abaixo da média do mercado.

2. Conseguir um financiamento estudantil

A fintech Provi financia o curso de graduação desejado com os parceiros selecionados e em até 24x sem juros no boleto. O grande diferencial da empresa é que o histórico de crédito de uma pessoa não pode servir como barreira na hora de estudar e, por isso, a famosa análise no SPC/Serasa não é o único fator levado em consideração na hora de aprovar um financiamento.

3. Realizar compra de supermercado

O isolamento social e o novo perfil de consumo fez com que os modelos de mercados autônomos em condomínios ganhassem espaço por ser a forma mais segura e cômoda dos moradores realizarem suas compras, evitando as aglomerações. O market4u é um exemplo. A empresa instala dentro dos prédios um pequeno mercado autônomo, sem atendentes, para que os moradores possam realizar suas compras por meio do aplicativo da empresa. Basta fazer o cadastro e efetivar o pagamento dos produtos que adquiriu, tudo isso de forma online e sem precisar ter contato com nenhum tipo de máquina.

4. Experimentar produtos antes de comprar

As pessoas descobriram que comprar online pode ser mais prático e cômodo. As marcas perceberam essa tendência e, para gerar uma melhor experiência ao consumidor, começaram a investir em inovações, como o uso de tecnologias imersivas de realidade aumentada. A More Than Real, por exemplo, permite um contato único e divertido, fazendo com que os clientes possam ficar mais próximos dos produtos de desejo e sendo decisivo para efetivação da compra.

5. Escolher o melhor produto para cuidar dos cabelos

O cuidado com os cabelos faz parte do dia a dia das pessoas. Mas encontrar um produto adequado para suas características nem sempre fácil. É aí que entra a JustForYou. A beauty tech brasileira usa um questionário e inteligência artificial para desenvolver fórmulas personalizadas para shampoos e condicionadores. Os clientes recebem os itens personalizados para cada necessidade capilar em suas casas.

6. Cuidar da saúde e bem-estar mental

Mesmo em tempos de isolamento social, a psicoterapia continua sendo uma das principais maneiras para cuidar da saúde mental. Atualmente, existem diversas maneiras de iniciar e dar continuidade aos tratamentos psicológicos sem a necessidade da presença física, auxiliando os pacientes a terem um entendimento maior sobre as questões que os afligem diretamente de suas casas. Uma boa maneira de ter um tratamento desse tipo é buscar plataformas certificadas em psicologia, que conectam pacientes a especialistas, como o caso da clínica digital Telavita.

7. Agilizar o check-in de voos por biometria facial

Com o avanço da tecnologia, cresce também a necessidade de ampliar os níveis de segurança em diversos segmentos, principalmente na hora de agilizar os processos de embarque nos voos. A FullFace, empresa brasileira de biometria facial, oferece o Selfie Check-In, recurso que utiliza o reconhecimento facial para a realização do check-in, por meio do aplicativo da empresa no celular dos passageiros de onde eles estiverem.

8. Tirar cidadania europeia

Encontrar documentos de antepassados, comprovar árvore genealógica e linha materna, tradução juramentada, retificação administrativa e judicial são alguns dos procedimentos necessários para tirar cidadania italiana e portuguesa, e que demandam tempo, dedicação e pesquisa. Atualmente, a Cidadania4u oferece a possibilidade de fazer todo o processo via aplicativo ou pelo site, com assessoria in loco na Itália e em Portugal, garantindo maior transparência e rapidez para tirar o passaporte desses países.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;