Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Chaves com mais força em Sto.André


Raphael Rocha

05/12/2020 | 05:11


Ex-vice-prefeito de Mauá, Márcio Chaves (PSD) chegou ao comando da Secretaria de Saúde de Santo André no fim de 2017 para assentar a poeira de crise no setor. Não só conseguiu acalmar os ânimos como imprimiu seu ritmo dentro da pasta. Foi ganhando confiança do prefeito Paulo Serra (PSDB) e crescendo dentro do Paço. Há quem diga que o prestígio e o poder são tamanhos que Chaves é uma espécie de co-prefeito. Para 2021, o orçamento de seu departamento será de R$ 644,4 milhões, o maior da administração. E tende a aumentar se o planejamento que ele está executando se concretizar. A Prefeitura está em fase final de redação de um projeto de lei que transformaria a Faisa (Fundação de Assistência à Infância de Santo André) em uma autarquia mais robusta de gestão da saúde pública. O objetivo é municipalizar o gerenciamento do setor, hoje dividido com a FUABC (Fundação do ABC). O trabalho da Fundação vem recebendo críticas internas e a ideia de Chaves é, ao trazer para o município a responsabilidade da administração total da saúde, dar celeridade à resolução dos problemas apresentados. A proposta deve ser enviada para a Câmara nas próximas semanas – ou no começo do ano que vem. 

Cartas na mesa

 A bancada do PT de Diadema se reúne na segunda-feira à tarde para decidir qual nome vai lançar na disputa pela presidência da Câmara. Dois estão na concorrência: Josa Queiroz e Orlando Vitoriano. Do lado da oposição, há articulação para que Eduardo Minas (Pros), ex-secretário de Cultura no governo de Lauro Michels (PV), seja o postulante. A ideia é, definidos os candidatos, iniciar a procura pelos votos na casa. Houve pluralidade na composição do Legislativo de Diadema, com figuras eleitas sob guarda-chuva do prefeito eleito José de Filippi Júnior (PT), do oposicionista Taka Yamauchi (PSD), do presidente da casa, Pretinho do Água Santa (DEM), e de Ricardo Yoshio (PSDB).

Fundação Criança

 A Prefeitura de São Bernardo publicou portaria com nomeação de grupo de trabalho que ficará responsável pelo processo de extinção da Fundação Criança – processo aprovado pela Câmara há duas semanas. O serviço será coordenado pelos secretários Carlos Alberto Garcia Romero (Secretaria de Assistência Social), José Luiz Gavinelli (Finanças), Pedro Pinheiro (Administração) e Samuel Gomes Pinto (superintendente da Fundação Criança).

 Senado – 1

 Não é mais segredo para ninguém, embora ele não assuma publicamente. O deputado federal Alex Manente (Cidadania) já trabalha para as eleições de daqui a dois anos. Ele se articula politicamente para obter a chance de disputar cadeira no Senado como representante do Estado de São Paulo.

 Senado – 2

 Feitas as contas, a estratégia representa baixíssimo risco para Alex Manente. Se ganhar, atinge o topo da sua carreira política no Legislativo, iniciada em 2004, como vereador em São Bernardo. Se perder, pode utilizar os dois anos sem mandato para se cacifar à eleição de prefeito de sua cidade natal, dali a dois anos, seu principal sonho.

 Análise

 O advogado Paulo Proieti, autor de ação popular que buscou reduzir o número de cargos comissionados na Câmara de Santo André, comentou a decisão do Legislativo em reduzir o número de assessores nos gabinetes. “Apesar de tímida, a medida é válida. Porém, a Câmara ainda está bem acima da proporcionalidade que pedem o STF (Supremo Tribunal Federal) e o TCE (Tribunal de Contas do Estado). Ainda assim, temos 60% mais comissionados que colaboradores concursados”, disse.

 Pausa

 As negociações para presidência da Câmara de Mauá precisaram ser esfriadas. Como a cidade faz aniversário na terça-feira, boa parte da classe política aproveitou o feriadão prolongado para deixar o município e descansar depois de uma eleição com acirramento ao extremo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Chaves com mais força em Sto.André

Raphael Rocha

05/12/2020 | 05:11


Ex-vice-prefeito de Mauá, Márcio Chaves (PSD) chegou ao comando da Secretaria de Saúde de Santo André no fim de 2017 para assentar a poeira de crise no setor. Não só conseguiu acalmar os ânimos como imprimiu seu ritmo dentro da pasta. Foi ganhando confiança do prefeito Paulo Serra (PSDB) e crescendo dentro do Paço. Há quem diga que o prestígio e o poder são tamanhos que Chaves é uma espécie de co-prefeito. Para 2021, o orçamento de seu departamento será de R$ 644,4 milhões, o maior da administração. E tende a aumentar se o planejamento que ele está executando se concretizar. A Prefeitura está em fase final de redação de um projeto de lei que transformaria a Faisa (Fundação de Assistência à Infância de Santo André) em uma autarquia mais robusta de gestão da saúde pública. O objetivo é municipalizar o gerenciamento do setor, hoje dividido com a FUABC (Fundação do ABC). O trabalho da Fundação vem recebendo críticas internas e a ideia de Chaves é, ao trazer para o município a responsabilidade da administração total da saúde, dar celeridade à resolução dos problemas apresentados. A proposta deve ser enviada para a Câmara nas próximas semanas – ou no começo do ano que vem. 

Cartas na mesa

 A bancada do PT de Diadema se reúne na segunda-feira à tarde para decidir qual nome vai lançar na disputa pela presidência da Câmara. Dois estão na concorrência: Josa Queiroz e Orlando Vitoriano. Do lado da oposição, há articulação para que Eduardo Minas (Pros), ex-secretário de Cultura no governo de Lauro Michels (PV), seja o postulante. A ideia é, definidos os candidatos, iniciar a procura pelos votos na casa. Houve pluralidade na composição do Legislativo de Diadema, com figuras eleitas sob guarda-chuva do prefeito eleito José de Filippi Júnior (PT), do oposicionista Taka Yamauchi (PSD), do presidente da casa, Pretinho do Água Santa (DEM), e de Ricardo Yoshio (PSDB).

Fundação Criança

 A Prefeitura de São Bernardo publicou portaria com nomeação de grupo de trabalho que ficará responsável pelo processo de extinção da Fundação Criança – processo aprovado pela Câmara há duas semanas. O serviço será coordenado pelos secretários Carlos Alberto Garcia Romero (Secretaria de Assistência Social), José Luiz Gavinelli (Finanças), Pedro Pinheiro (Administração) e Samuel Gomes Pinto (superintendente da Fundação Criança).

 Senado – 1

 Não é mais segredo para ninguém, embora ele não assuma publicamente. O deputado federal Alex Manente (Cidadania) já trabalha para as eleições de daqui a dois anos. Ele se articula politicamente para obter a chance de disputar cadeira no Senado como representante do Estado de São Paulo.

 Senado – 2

 Feitas as contas, a estratégia representa baixíssimo risco para Alex Manente. Se ganhar, atinge o topo da sua carreira política no Legislativo, iniciada em 2004, como vereador em São Bernardo. Se perder, pode utilizar os dois anos sem mandato para se cacifar à eleição de prefeito de sua cidade natal, dali a dois anos, seu principal sonho.

 Análise

 O advogado Paulo Proieti, autor de ação popular que buscou reduzir o número de cargos comissionados na Câmara de Santo André, comentou a decisão do Legislativo em reduzir o número de assessores nos gabinetes. “Apesar de tímida, a medida é válida. Porém, a Câmara ainda está bem acima da proporcionalidade que pedem o STF (Supremo Tribunal Federal) e o TCE (Tribunal de Contas do Estado). Ainda assim, temos 60% mais comissionados que colaboradores concursados”, disse.

 Pausa

 As negociações para presidência da Câmara de Mauá precisaram ser esfriadas. Como a cidade faz aniversário na terça-feira, boa parte da classe política aproveitou o feriadão prolongado para deixar o município e descansar depois de uma eleição com acirramento ao extremo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;