Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Possível parceiro planeja pré-temporada na Turquia ao Azulão

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Negociação por técnico Mariano Barreto envolve ainda outras situações, como a disputa de torneio na Europa e atletas renomados


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

04/12/2020 | 00:01


A negociação entre o São Caetano e o técnico Mariano Barreto, 63 anos, ainda não foi concretizada, mas ganhou elementos que podem ajudar em um final feliz para a história. Isso porque, além da contratação do treinador, também estão envolvidas outras situações para um projeto maior, incluindo a pré-temporada na Europa, a participação em um torneio internacional, além da contratação de jogadores e comissão técnica ditos “consagrados”. Ao menos é o que garante integrante do staff do comandante luso, que também negocia esse plus. “É um namoro que pode virar casamento até o fim de semana”, projeta.

Segundo informações de outra pessoa que é próxima a Mariano Barreto, entretanto, o treinador (que soma experiências por clubes na Europa, Ásia e África, incluindo ainda passagens por seleções como Etiópia e Ghana) aguarda que o São Caetano e o possível novo parceiro lhe dê as garantias de que viabilizará tudo o que está sendo acordado, inclusive financeiramente, afinal, o clube tem dívida na casa dos R$ 50 milhões e que deve aumentar com novas ações trabalhistas contra o Azulão em razão do não pagamento dos salários de jogadores e funcionários neste ano. Estima-se que já são quase 40 processos na Justiça, que podem agravar em R$ 5 milhões o deficit azulino.

Voltando aos planos com os portugueses – um parceiro vindo de Portugal realizaria um aporte financeiro e assumiria a gestão do São Caetano – a ideia da pré-temporada no Velho Continente está bem adiantada, inclusive com destino certo: Turquia, em janeiro. A competição que o time participaria seria justamente neste período em solo europeu, preparatória para o Campeonato Paulista da Série A-1 de 2021, ao qual o time está de volta depois de conquistar o título da Série A-2.

O presidente Nairo Ferreira de Souza foi contatado durante todo o dia de ontem, mas não atendeu ou respondeu às tentativas do Diário. Na véspera, ele havia despistado sobre acerto com os portugueses, apesar de admitir que Mariano visitou o Azulão e que poderia vir a fechar negócios com o treinador luso.

À ESPERA DE UM MILAGRE
Os jogadores que disputaram a Série D pelo Azulão seguem sem receber seus salários. Já são sete meses de atraso e a promessa de acertar com eles nesta semana pelo menos uma parcela do montante (esta, ao menos, já de responsabilidade do presidente Nairo Ferreira de Souza), após encerrada a participação do time no campeonato nacional, não foi cumprida. Assim, o que se comenta entre os atletas – que pediram para não ter nomes divulgados – é que os mesmos foram “usados” e “enganados” apenas para que o time não desse WO contra o Caxias-RS, pela última rodada, quando perdeu por 6 a 0, em Caxias do Sul. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Possível parceiro planeja pré-temporada na Turquia ao Azulão

Negociação por técnico Mariano Barreto envolve ainda outras situações, como a disputa de torneio na Europa e atletas renomados

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

04/12/2020 | 00:01


A negociação entre o São Caetano e o técnico Mariano Barreto, 63 anos, ainda não foi concretizada, mas ganhou elementos que podem ajudar em um final feliz para a história. Isso porque, além da contratação do treinador, também estão envolvidas outras situações para um projeto maior, incluindo a pré-temporada na Europa, a participação em um torneio internacional, além da contratação de jogadores e comissão técnica ditos “consagrados”. Ao menos é o que garante integrante do staff do comandante luso, que também negocia esse plus. “É um namoro que pode virar casamento até o fim de semana”, projeta.

Segundo informações de outra pessoa que é próxima a Mariano Barreto, entretanto, o treinador (que soma experiências por clubes na Europa, Ásia e África, incluindo ainda passagens por seleções como Etiópia e Ghana) aguarda que o São Caetano e o possível novo parceiro lhe dê as garantias de que viabilizará tudo o que está sendo acordado, inclusive financeiramente, afinal, o clube tem dívida na casa dos R$ 50 milhões e que deve aumentar com novas ações trabalhistas contra o Azulão em razão do não pagamento dos salários de jogadores e funcionários neste ano. Estima-se que já são quase 40 processos na Justiça, que podem agravar em R$ 5 milhões o deficit azulino.

Voltando aos planos com os portugueses – um parceiro vindo de Portugal realizaria um aporte financeiro e assumiria a gestão do São Caetano – a ideia da pré-temporada no Velho Continente está bem adiantada, inclusive com destino certo: Turquia, em janeiro. A competição que o time participaria seria justamente neste período em solo europeu, preparatória para o Campeonato Paulista da Série A-1 de 2021, ao qual o time está de volta depois de conquistar o título da Série A-2.

O presidente Nairo Ferreira de Souza foi contatado durante todo o dia de ontem, mas não atendeu ou respondeu às tentativas do Diário. Na véspera, ele havia despistado sobre acerto com os portugueses, apesar de admitir que Mariano visitou o Azulão e que poderia vir a fechar negócios com o treinador luso.

À ESPERA DE UM MILAGRE
Os jogadores que disputaram a Série D pelo Azulão seguem sem receber seus salários. Já são sete meses de atraso e a promessa de acertar com eles nesta semana pelo menos uma parcela do montante (esta, ao menos, já de responsabilidade do presidente Nairo Ferreira de Souza), após encerrada a participação do time no campeonato nacional, não foi cumprida. Assim, o que se comenta entre os atletas – que pediram para não ter nomes divulgados – é que os mesmos foram “usados” e “enganados” apenas para que o time não desse WO contra o Caxias-RS, pela última rodada, quando perdeu por 6 a 0, em Caxias do Sul. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;