Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Polícia prende quadrilha de estelionatários em Sto.André

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Grupo de sete pessoas fazia empréstimos falsos e recebia depósitos das vítimas com a promessa de liberar recursos


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

03/12/2020 | 17:00


Equipe da Dise (Delegacia de Polícia de Investigações Sobre Entorpecentes) de Santo André prenderam em flagrante, na tarde de ontem, sete pessoas que operavam uma falsa central de telemarketing e ofereciam empréstimos em nome de uma instituição financeira. Em imóvel localizado na Praça Câmara Cascudo, no Bairro Santa Maria, foram apreendidos diversos aparelhos celulares, pendrives, pequena quantidade em dinheiro, além de dados pessoais e bancários das vítimas. Também foram apreendidas uma motocicleta e um veículo Jeep Renegade.

Os estelionatários ofereciam empréstimos falsos e as vítimas eram induzidas a realizar depósitos bancários para que os valores pudessem ser liberados. No momento da prisão, ao menos três vítimas estavam no local onde funcionava o falso escritório, sendo que uma delas tinha ido ao endereço para cobrar a liberação do empréstimo após ter realizado o depósito solicitado.

Foram presos Thamires Fernanda Pascoal, 21 anos, Raira Mendes Cardoso, 21, Luiz Henrique Matos Dantas, 26, Ednei Augusto da Silva, 40, Solange Martins Broieti, 39, Nicoly Broieti da Silva, 19, Libia Mara Broieti, 21. Segundo a polícia, três dos integrantes do grupo já haviam sido presos há 40 dias, pelo mesmo crime, mas foram liberados.

A investigação chegou ao local onde os crimes eram praticados após denúncias. Os policiais fizeram campanha em frente ao endereço em veículo descaracterizado e acompanharam a movimentação de pessoas, até que uma das integrantes do grupo foi abordada e franqueou a entrada da equipe no falso escritório. O caso foi registrado na própria Dise como estelionato e associação criminosa. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia prende quadrilha de estelionatários em Sto.André

Grupo de sete pessoas fazia empréstimos falsos e recebia depósitos das vítimas com a promessa de liberar recursos

Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

03/12/2020 | 17:00


Equipe da Dise (Delegacia de Polícia de Investigações Sobre Entorpecentes) de Santo André prenderam em flagrante, na tarde de ontem, sete pessoas que operavam uma falsa central de telemarketing e ofereciam empréstimos em nome de uma instituição financeira. Em imóvel localizado na Praça Câmara Cascudo, no Bairro Santa Maria, foram apreendidos diversos aparelhos celulares, pendrives, pequena quantidade em dinheiro, além de dados pessoais e bancários das vítimas. Também foram apreendidas uma motocicleta e um veículo Jeep Renegade.

Os estelionatários ofereciam empréstimos falsos e as vítimas eram induzidas a realizar depósitos bancários para que os valores pudessem ser liberados. No momento da prisão, ao menos três vítimas estavam no local onde funcionava o falso escritório, sendo que uma delas tinha ido ao endereço para cobrar a liberação do empréstimo após ter realizado o depósito solicitado.

Foram presos Thamires Fernanda Pascoal, 21 anos, Raira Mendes Cardoso, 21, Luiz Henrique Matos Dantas, 26, Ednei Augusto da Silva, 40, Solange Martins Broieti, 39, Nicoly Broieti da Silva, 19, Libia Mara Broieti, 21. Segundo a polícia, três dos integrantes do grupo já haviam sido presos há 40 dias, pelo mesmo crime, mas foram liberados.

A investigação chegou ao local onde os crimes eram praticados após denúncias. Os policiais fizeram campanha em frente ao endereço em veículo descaracterizado e acompanharam a movimentação de pessoas, até que uma das integrantes do grupo foi abordada e franqueou a entrada da equipe no falso escritório. O caso foi registrado na própria Dise como estelionato e associação criminosa. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;