Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Auxílio emergencial chegou a 29,0 milhões de domicílios em outubro, diz IBGE

Marcello Casal Jr/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


01/12/2020 | 11:21


O pagamento do auxílio emergencial alcançou menos domicílios em outubro. O benefício chegou a 29,0 milhões de domicílios em outubro, ante 29,9 milhões em setembro. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Covid (Pnad Covid-19) mensal, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A proporção de domicílios que recebeu algum auxílio relacionado à pandemia diminuiu de 43,6% em setembro para 42,2% em outubro.

O valor médio do benefício recebido foi de R$ 688 por domicílio em outubro, ante R$ 902 em setembro.

O auxílio pago pelo governo desceu de R$ 600 em agosto para R$ 300 em setembro. Na pesquisa, os auxílios pesquisados incluem não apenas o auxílio emergencial, mas também a complementação do governo pelo Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda, o que ajudava a explicar a incidência de recebimento de benefício entre domicílios com renda mais elevada.

Na Região Norte, 58,4% dos domicílios recebiam algum tipo de auxílio, enquanto essa fatia era de 56,9% no Nordeste.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Auxílio emergencial chegou a 29,0 milhões de domicílios em outubro, diz IBGE


01/12/2020 | 11:21


O pagamento do auxílio emergencial alcançou menos domicílios em outubro. O benefício chegou a 29,0 milhões de domicílios em outubro, ante 29,9 milhões em setembro. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Covid (Pnad Covid-19) mensal, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A proporção de domicílios que recebeu algum auxílio relacionado à pandemia diminuiu de 43,6% em setembro para 42,2% em outubro.

O valor médio do benefício recebido foi de R$ 688 por domicílio em outubro, ante R$ 902 em setembro.

O auxílio pago pelo governo desceu de R$ 600 em agosto para R$ 300 em setembro. Na pesquisa, os auxílios pesquisados incluem não apenas o auxílio emergencial, mas também a complementação do governo pelo Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda, o que ajudava a explicar a incidência de recebimento de benefício entre domicílios com renda mais elevada.

Na Região Norte, 58,4% dos domicílios recebiam algum tipo de auxílio, enquanto essa fatia era de 56,9% no Nordeste.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;