Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Lewis Hamilton testa positivo para a covid-19 e está fora do GP de Sakhir

Reprodução/Instragram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


01/12/2020 | 08:16


O piloto inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, testou positivo para o novo coronavírus. A informação foi divulgada nesta terça-feira pela própria escuderia alemã. Com isso, o agora heptacampeão mundial de Fórmula 1 não participará do GP de Sakhir, marcado para este domingo, no Bahrein, e é dúvida para a última etapa, em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, no final de semana seguinte. Ele só vai participar caso apresente até lá um teste negativo para a covid-19.

A nota publicada no Twitter da escuderia alemã diz que Hamilton foi testado três vezes durante a última semana - o último exame foi feito na tarde de domingo no Circuito Internacional do Bahrein, local do GP do Bahrein, vencido pelo inglês. O mesmo autódromo receberá a próxima etapa, porém com uma configuração diferente da pista.

No entanto, na segunda-feira ele apresentou sintomas moderados da doença. Ao mesmo tempo, foi informado de que teve contato com uma pessoa infectada na semana passada, antes da última corrida. O piloto fez o teste novamente e recebeu o diagnóstico que confirma o novo coronavírus. A Mercedes informou ainda que Hamilton está isolado e, apesar dos sintomas leves, está bem.

Assim, será a primeira vez que Hamilton ficará fora de uma corrida desde que estreou na Fórmula 1. Ele disputou 265 provas seguidas desde o GP da Austrália de 2007.

O piloto inglês foi campeão há pouco mais de duas semanas, na Turquia, e havia lamentado durante a semana passada que apenas tinha conseguido ver parte de sua família para comemorar o fato de ter igualado o recorde do alemão Michael Schumacher com sete títulos na Fórmula 1.

A escuderia ainda não oficializou quem será o substituto de Hamilton. Os mais prováveis substitutos serão os pilotos de testes da equipe alemã. Ocupam o posto atualmente o belga Stoffel Vandoorne e o mexicano Esteban Gutiérrez. Ambos já tiveram experiências no passado com a Fórmula 1 com outras escuderias.

Nesta temporada, Hamilton é o terceiro caso positivo de covid-19 no grid. No início de agosto, o mexicano Sérgio Pérez, da Racing Point, foi diagnosticado com a doença às véspera do GP da Grã-Bretanha e perdeu também a etapa seguinte, também disputada em Silverstone, mas com o nome de GP do 70.º Aniversário da Fórmula 1. Nas duas provas quem correu no seu lugar foi o alemão Nico Hulkenberg.

O outro caso foi do canadense Lance Stroll, também da Racing Point, entre a 10.ª e 11.ª etapas da temporada, entre o fim de setembro e o começo de outubro. Ele ficou de fora do GP de Eifel, disputado na Alemanha. Hulkenberg também o substituiu na ocasião.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Lewis Hamilton testa positivo para a covid-19 e está fora do GP de Sakhir


01/12/2020 | 08:16


O piloto inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, testou positivo para o novo coronavírus. A informação foi divulgada nesta terça-feira pela própria escuderia alemã. Com isso, o agora heptacampeão mundial de Fórmula 1 não participará do GP de Sakhir, marcado para este domingo, no Bahrein, e é dúvida para a última etapa, em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, no final de semana seguinte. Ele só vai participar caso apresente até lá um teste negativo para a covid-19.

A nota publicada no Twitter da escuderia alemã diz que Hamilton foi testado três vezes durante a última semana - o último exame foi feito na tarde de domingo no Circuito Internacional do Bahrein, local do GP do Bahrein, vencido pelo inglês. O mesmo autódromo receberá a próxima etapa, porém com uma configuração diferente da pista.

No entanto, na segunda-feira ele apresentou sintomas moderados da doença. Ao mesmo tempo, foi informado de que teve contato com uma pessoa infectada na semana passada, antes da última corrida. O piloto fez o teste novamente e recebeu o diagnóstico que confirma o novo coronavírus. A Mercedes informou ainda que Hamilton está isolado e, apesar dos sintomas leves, está bem.

Assim, será a primeira vez que Hamilton ficará fora de uma corrida desde que estreou na Fórmula 1. Ele disputou 265 provas seguidas desde o GP da Austrália de 2007.

O piloto inglês foi campeão há pouco mais de duas semanas, na Turquia, e havia lamentado durante a semana passada que apenas tinha conseguido ver parte de sua família para comemorar o fato de ter igualado o recorde do alemão Michael Schumacher com sete títulos na Fórmula 1.

A escuderia ainda não oficializou quem será o substituto de Hamilton. Os mais prováveis substitutos serão os pilotos de testes da equipe alemã. Ocupam o posto atualmente o belga Stoffel Vandoorne e o mexicano Esteban Gutiérrez. Ambos já tiveram experiências no passado com a Fórmula 1 com outras escuderias.

Nesta temporada, Hamilton é o terceiro caso positivo de covid-19 no grid. No início de agosto, o mexicano Sérgio Pérez, da Racing Point, foi diagnosticado com a doença às véspera do GP da Grã-Bretanha e perdeu também a etapa seguinte, também disputada em Silverstone, mas com o nome de GP do 70.º Aniversário da Fórmula 1. Nas duas provas quem correu no seu lugar foi o alemão Nico Hulkenberg.

O outro caso foi do canadense Lance Stroll, também da Racing Point, entre a 10.ª e 11.ª etapas da temporada, entre o fim de setembro e o começo de outubro. Ele ficou de fora do GP de Eifel, disputado na Alemanha. Hulkenberg também o substituiu na ocasião.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;