Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Indicador de Formação Bruta de Capital Fixo sobe 3,5% em setembro, diz Ipea



30/11/2020 | 10:48


O Indicador Ipea Mensal de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) avançou 3,5% em setembro ante agosto, informou nesta o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Ante setembro de 2019, houve alta de 1,1%.

No terceiro trimestre do ano, o indicador avançou 16,3%, mas, na comparação com o mesmo período de 2019, houve recuo de 2,8%. No acumulado de 12 meses encerrados em setembro, a queda foi de 3,6%.

O indicador mede os investimentos no aumento da capacidade produtiva da economia e na reposição da depreciação do estoque de capital fixo. A FBCF é composta por máquinas e equipamentos, construção civil e outros ativos fixos.

No desagregado, em setembro, houve aumento de 2% na produção de máquinas e equipamentos destinados ao mercado interno, enquanto a importação desses produtos aumentou 30,1% no mesmo período. Assim, o consumo aparente de máquinas e equipamentos apresentou um crescimento de 4,3% em setembro, encerrando o terceiro trimestre com uma alta de 9,7%.

Já o subíndice referente à construção civil avançou 2% em setembro ante agosto. Foi a quinta alta na comparação de um mês com o imediatamente anterior. Com isso, essa componente registrou um crescimento de 18,4% na passagem entre o segundo e terceiro trimestres de 2020.

Na comparação com setembro de 2019, os resultados foram heterogêneos. Enquanto a construção civil apresentou alta de 10,9%, houve recuo nos segmentos de máquinas e equipamentos (6,2%) e outros ativos fixos (6,6%), com desempenhos similares na comparação trimestral, informou o Ipea.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Indicador de Formação Bruta de Capital Fixo sobe 3,5% em setembro, diz Ipea


30/11/2020 | 10:48


O Indicador Ipea Mensal de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) avançou 3,5% em setembro ante agosto, informou nesta o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Ante setembro de 2019, houve alta de 1,1%.

No terceiro trimestre do ano, o indicador avançou 16,3%, mas, na comparação com o mesmo período de 2019, houve recuo de 2,8%. No acumulado de 12 meses encerrados em setembro, a queda foi de 3,6%.

O indicador mede os investimentos no aumento da capacidade produtiva da economia e na reposição da depreciação do estoque de capital fixo. A FBCF é composta por máquinas e equipamentos, construção civil e outros ativos fixos.

No desagregado, em setembro, houve aumento de 2% na produção de máquinas e equipamentos destinados ao mercado interno, enquanto a importação desses produtos aumentou 30,1% no mesmo período. Assim, o consumo aparente de máquinas e equipamentos apresentou um crescimento de 4,3% em setembro, encerrando o terceiro trimestre com uma alta de 9,7%.

Já o subíndice referente à construção civil avançou 2% em setembro ante agosto. Foi a quinta alta na comparação de um mês com o imediatamente anterior. Com isso, essa componente registrou um crescimento de 18,4% na passagem entre o segundo e terceiro trimestres de 2020.

Na comparação com setembro de 2019, os resultados foram heterogêneos. Enquanto a construção civil apresentou alta de 10,9%, houve recuo nos segmentos de máquinas e equipamentos (6,2%) e outros ativos fixos (6,6%), com desempenhos similares na comparação trimestral, informou o Ipea.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;