Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Barroso: OEA registrou que temos a mais ágil e segura apuração das Américas



29/11/2020 | 21:14


O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, disse neste domingo, 29, que a Organização dos Estados Americanos (OEA) registrou que o Brasil tem o "mais ágil e seguro sistema de apuração das Américas".

A declaração vem num momento em que o presidente Jair Bolsonaro reforça as ofensivas pedindo a aprovação do voto impresso no País, colocando em xeque a segurança da urna eletrônica.

Barroso disse que o primeiro e grande objetivo, que era conciliar o rito da democracia com a saúde pública, foi plenamente realizado. Outro objetivo do TSE era enfrentar campanhas de desinformação e notícias fraudulentas.

O presidente do TSE destacou que a corte eleitoral fez parceria com todas as mídias sociais e derrubou "imensa quantidade" de contas fraudulentas no WhatsApp, Facebook, Instagram, Google, Twitter e Tik Tok.

"Conseguimos rebater imediatamente todas as notícias falsas com ajuda de agências de checagem", acrescentou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Barroso: OEA registrou que temos a mais ágil e segura apuração das Américas


29/11/2020 | 21:14


O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, disse neste domingo, 29, que a Organização dos Estados Americanos (OEA) registrou que o Brasil tem o "mais ágil e seguro sistema de apuração das Américas".

A declaração vem num momento em que o presidente Jair Bolsonaro reforça as ofensivas pedindo a aprovação do voto impresso no País, colocando em xeque a segurança da urna eletrônica.

Barroso disse que o primeiro e grande objetivo, que era conciliar o rito da democracia com a saúde pública, foi plenamente realizado. Outro objetivo do TSE era enfrentar campanhas de desinformação e notícias fraudulentas.

O presidente do TSE destacou que a corte eleitoral fez parceria com todas as mídias sociais e derrubou "imensa quantidade" de contas fraudulentas no WhatsApp, Facebook, Instagram, Google, Twitter e Tik Tok.

"Conseguimos rebater imediatamente todas as notícias falsas com ajuda de agências de checagem", acrescentou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;