Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Covas cresce em buscas no Google, mas Boulos ainda lidera ranking



29/11/2020 | 17:12


O interesse na internet por Bruno Covas (PSDB), candidato à prefeitura de São Paulo, disparou nas últimas 24 horas. Segundo os dados mais recentes compilados pelo Google Trends, ferramenta que indica quais os termos e assuntos mais buscados na plataforma de buscas, o candidato cresceu 121% entre 1h e 14h desde domingo, 29 - a comparação foi feita com o mesmo período no dia anterior.

Covas registrou 62% das buscas que envolviam seu nome e o do seu adversário, Guilherme Boulos (PSOL). No mesmo período de sábado, os números se invertiam e Boulos tinha 73% das buscas a respeito dos candidatos. O Google também registrou alta de 4.900% na busca "bruno covas número" nas últimas 24 horas, marcando uma das maiores altas de termo no Estado durante o período.

Ainda assim, o candidato do PSOL foi o mais buscado nacionalmente entre os 34 candidatos de capitais brasileiras concorrendo neste domingo, mantendo a liderança já registrada anteriormente. Boulos teve 26% das buscas e foi seguido por Bruno Covas (24%), Eduardo Paes (10%), Marcelo Crivella (7%) e Manuela d'Ávila (6%). O candidato que apresentou maior alta foi Eduardo Paes (DEM), candidato à prefeitura do Rio de Janeiro, que teve aumento de 530% nas buscas no período entre sábado e domingo quando comparado entre quinta-feira e sexta-feira.

Já no Recife, que tem disputa apertada, João Campos (PSB) teve aumento de 4% nas buscas, enquanto sua prima e concorrente Marília Arraes (PT) teve queda de 4%. No geral, a capital pernambucana também vê a maior divisão nas buscas pelos dois postulantes ao cargo. Campos teve 55% das consultas neste domingo, enquanto Marília tem 45%.

É importante ressaltar, porém, que os dados do Google apontam interesse no candidato, mas não necessariamente uma intenção de voto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Covas cresce em buscas no Google, mas Boulos ainda lidera ranking


29/11/2020 | 17:12


O interesse na internet por Bruno Covas (PSDB), candidato à prefeitura de São Paulo, disparou nas últimas 24 horas. Segundo os dados mais recentes compilados pelo Google Trends, ferramenta que indica quais os termos e assuntos mais buscados na plataforma de buscas, o candidato cresceu 121% entre 1h e 14h desde domingo, 29 - a comparação foi feita com o mesmo período no dia anterior.

Covas registrou 62% das buscas que envolviam seu nome e o do seu adversário, Guilherme Boulos (PSOL). No mesmo período de sábado, os números se invertiam e Boulos tinha 73% das buscas a respeito dos candidatos. O Google também registrou alta de 4.900% na busca "bruno covas número" nas últimas 24 horas, marcando uma das maiores altas de termo no Estado durante o período.

Ainda assim, o candidato do PSOL foi o mais buscado nacionalmente entre os 34 candidatos de capitais brasileiras concorrendo neste domingo, mantendo a liderança já registrada anteriormente. Boulos teve 26% das buscas e foi seguido por Bruno Covas (24%), Eduardo Paes (10%), Marcelo Crivella (7%) e Manuela d'Ávila (6%). O candidato que apresentou maior alta foi Eduardo Paes (DEM), candidato à prefeitura do Rio de Janeiro, que teve aumento de 530% nas buscas no período entre sábado e domingo quando comparado entre quinta-feira e sexta-feira.

Já no Recife, que tem disputa apertada, João Campos (PSB) teve aumento de 4% nas buscas, enquanto sua prima e concorrente Marília Arraes (PT) teve queda de 4%. No geral, a capital pernambucana também vê a maior divisão nas buscas pelos dois postulantes ao cargo. Campos teve 55% das consultas neste domingo, enquanto Marília tem 45%.

É importante ressaltar, porém, que os dados do Google apontam interesse no candidato, mas não necessariamente uma intenção de voto.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;