Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

José Sarto (PDT) vota em Fortaleza e repete discurso de 'defesa da democracia'



29/11/2020 | 12:44


O candidato à prefeitura de Fortaleza José Sarto (PDT) foi às urnas no fim da manhã deste domingo (29) e, a jornalistas presentes, repetiu seu discurso de defesa da democracia. "Este domingo é a defesa da democracia, de uma Fortaleza mais inclusiva, justa e humana".

Como mostrou o Broadcast Político mais cedo, Sarto buscou nacionalizar a eleição para isolar politicamente seu adversário no segundo turno, Capitão Wagner (Pros), que tem o apoio do presidente Jair Bolsonaro. O pedetista está à frente do candidato do Pros em pesquisas de intenção de voto.

Sarto votou na companhia do governador do Ceará, Camilo Santana (PT), do senador Cid Gomes (PDT-CE) e do atual prefeito de Fortaleza, seu principal cabo eleitoral na cidade, Roberto Cláudio (PDT). No primeiro turno, Santana não o acompanhou, já que o PT tinha candidatura própria na capital cearense, Luizianne Lins.

"Sarto representa isso, representa a segurança, a certeza e a garantia da continuidade do trabalho e também da continuidade das parcerias entre o Estado e a Prefeitura", disse o prefeito Roberto Cláudio, em coletiva de imprensa após o voto de Sarto. "Se Deus quiser, vamos escolher o melhor para Fortaleza", completou Cid Gomes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

José Sarto (PDT) vota em Fortaleza e repete discurso de 'defesa da democracia'


29/11/2020 | 12:44


O candidato à prefeitura de Fortaleza José Sarto (PDT) foi às urnas no fim da manhã deste domingo (29) e, a jornalistas presentes, repetiu seu discurso de defesa da democracia. "Este domingo é a defesa da democracia, de uma Fortaleza mais inclusiva, justa e humana".

Como mostrou o Broadcast Político mais cedo, Sarto buscou nacionalizar a eleição para isolar politicamente seu adversário no segundo turno, Capitão Wagner (Pros), que tem o apoio do presidente Jair Bolsonaro. O pedetista está à frente do candidato do Pros em pesquisas de intenção de voto.

Sarto votou na companhia do governador do Ceará, Camilo Santana (PT), do senador Cid Gomes (PDT-CE) e do atual prefeito de Fortaleza, seu principal cabo eleitoral na cidade, Roberto Cláudio (PDT). No primeiro turno, Santana não o acompanhou, já que o PT tinha candidatura própria na capital cearense, Luizianne Lins.

"Sarto representa isso, representa a segurança, a certeza e a garantia da continuidade do trabalho e também da continuidade das parcerias entre o Estado e a Prefeitura", disse o prefeito Roberto Cláudio, em coletiva de imprensa após o voto de Sarto. "Se Deus quiser, vamos escolher o melhor para Fortaleza", completou Cid Gomes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;