Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Marcelo Oliveira polariza 2º turno e acredita na vitória do bem contra o mal

Soraia Abreu Pedrozo/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

29/11/2020 | 12:23


Na busca por levar o PT ao quinto mandato na cidade, o vereador Marcelo Oliveira está confiante com vitória neste segundo turno por acreditar que fica "mais fácil" comparar as propostas e os governos.

O candidato votou hoje, por volta das 11h, na Escola Estadual Professora Ezilda Nascimento Franco, no Jardim Zaíra, em Mauá, acompanhado de sua vice, Celma Dias (PT), sua mulher, Fernanda Oliveira, e do deputado estadual por São Bernardo Luiz Fernando Teixeira (PT).

"Fui alvo de muitas fake news, mas a população de Mauá sabe que há duas opções muito claras e distintas. Há o projeto da corrupção e o do que trabalha pela cidade. O atual governo teve Atila Jacomussi (PSB) preso duas vezes. A Polícia Federal, a Polícia Civil e o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) não saem daqui. E eu enquanto vereador tenho sempre apresentado responsabilidade com a população. É a luta do bem contra o mal que fizeram pela cidade", disparou Marcelo.

O petista diz que quer trabalhar "firmemente" para acabar com a corrupção e governar junto com o povo ao retomar o Orçamento Participativo. "Quero que a população tenha a oportunidade de dizer aonde vamos investir os recursos da cidade. E melhor o atendimento à saúde, oferendo mais médicos e remédios e reduzindo a fila de exames. Quero também construir escolas infantis para colocar as mais de 4.000 crianças hoje sem creche", disse.

Se eleito, afirmou que irá dialogar com os vereadores para, em 1o de janeiro, "levantar o recesso e acabar com o cabide de empregos" como forma de respeito aos trabalhadores. "Vamos fazer reforma administrativa e reduzir o custo da máquina pública", assinalou.

Como Mauá não elegeu vereadora, ele destacou que a sua candidata a vice, a ex-primeira-dama Celma Dias, mulher do ex-prefeito Oswaldo Dias (PT), poderá representar as mulheres na cidade. Oswaldo havia sido cogitado ao cargo, mas foi descartado por causa da instabilidade de sua condição jurídica.

HISTÓRICO

Desde 1996, quando Mauá registra segundo turno de eleições municipais, o PT sempre esteve no páreo. E garantiu quatro mandatos na cidade.

Se vencer este pleito, o partido estará de volta após hiato de quatro anos. Ex-prefeito Donisete Braga, hoje PDT, foi eleito pelo PT em 2012, e permaneceu no poder até 2016, quando perdeu a reeleição para o atual chefe do Executivo, Atila Jacomussi (PSB), e abandonou o partido. No entanto, Donisete foi um dos nomes que declararam apoio a Marcelo no segundo turno, assim como Mauro Roman (PRTB). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Marcelo Oliveira polariza 2º turno e acredita na vitória do bem contra o mal

Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

29/11/2020 | 12:23


Na busca por levar o PT ao quinto mandato na cidade, o vereador Marcelo Oliveira está confiante com vitória neste segundo turno por acreditar que fica "mais fácil" comparar as propostas e os governos.

O candidato votou hoje, por volta das 11h, na Escola Estadual Professora Ezilda Nascimento Franco, no Jardim Zaíra, em Mauá, acompanhado de sua vice, Celma Dias (PT), sua mulher, Fernanda Oliveira, e do deputado estadual por São Bernardo Luiz Fernando Teixeira (PT).

"Fui alvo de muitas fake news, mas a população de Mauá sabe que há duas opções muito claras e distintas. Há o projeto da corrupção e o do que trabalha pela cidade. O atual governo teve Atila Jacomussi (PSB) preso duas vezes. A Polícia Federal, a Polícia Civil e o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) não saem daqui. E eu enquanto vereador tenho sempre apresentado responsabilidade com a população. É a luta do bem contra o mal que fizeram pela cidade", disparou Marcelo.

O petista diz que quer trabalhar "firmemente" para acabar com a corrupção e governar junto com o povo ao retomar o Orçamento Participativo. "Quero que a população tenha a oportunidade de dizer aonde vamos investir os recursos da cidade. E melhor o atendimento à saúde, oferendo mais médicos e remédios e reduzindo a fila de exames. Quero também construir escolas infantis para colocar as mais de 4.000 crianças hoje sem creche", disse.

Se eleito, afirmou que irá dialogar com os vereadores para, em 1o de janeiro, "levantar o recesso e acabar com o cabide de empregos" como forma de respeito aos trabalhadores. "Vamos fazer reforma administrativa e reduzir o custo da máquina pública", assinalou.

Como Mauá não elegeu vereadora, ele destacou que a sua candidata a vice, a ex-primeira-dama Celma Dias, mulher do ex-prefeito Oswaldo Dias (PT), poderá representar as mulheres na cidade. Oswaldo havia sido cogitado ao cargo, mas foi descartado por causa da instabilidade de sua condição jurídica.

HISTÓRICO

Desde 1996, quando Mauá registra segundo turno de eleições municipais, o PT sempre esteve no páreo. E garantiu quatro mandatos na cidade.

Se vencer este pleito, o partido estará de volta após hiato de quatro anos. Ex-prefeito Donisete Braga, hoje PDT, foi eleito pelo PT em 2012, e permaneceu no poder até 2016, quando perdeu a reeleição para o atual chefe do Executivo, Atila Jacomussi (PSB), e abandonou o partido. No entanto, Donisete foi um dos nomes que declararam apoio a Marcelo no segundo turno, assim como Mauro Roman (PRTB). 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;