Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Sesi possui intérprete de Libras para ajudar eleitores

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Deficientes auditivos podem tirar dúvidas sobre o segundo turno das eleições


Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

29/11/2020 | 10:44


O Sesi do Jardim Zaíra, em Mauá, conta com intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais) para ajudar os eleitores que possuem alguma deficiência auditiva. Além de tirar as dúvidas de cidadãos que votam na escola, o profissional também auxilia quem deseja justificar o voto.

“Acabei de ajudar uma mulher que é de Fortaleza e queria justificar o voto, mas não sabia como fazer pelo aplicativo”, exemplificou Vandiran Rocha dos Santos, 46 anos, intérprete voluntário. “É essencial porque os surdos se sentem incluídos”, completou.

Na escola, não havia filas, mas os voluntários afirmaram que é um local que costuma ser vazio. Do lado de fora, santinhos do candidato à Prefeitura Marcelo Oliveira (PT) estavam pela calçada. “Todo ano é a mesma coisa, a mesma sujeira”, criticou a diarista Solange Passini, 54. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sesi possui intérprete de Libras para ajudar eleitores

Deficientes auditivos podem tirar dúvidas sobre o segundo turno das eleições

Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

29/11/2020 | 10:44


O Sesi do Jardim Zaíra, em Mauá, conta com intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais) para ajudar os eleitores que possuem alguma deficiência auditiva. Além de tirar as dúvidas de cidadãos que votam na escola, o profissional também auxilia quem deseja justificar o voto.

“Acabei de ajudar uma mulher que é de Fortaleza e queria justificar o voto, mas não sabia como fazer pelo aplicativo”, exemplificou Vandiran Rocha dos Santos, 46 anos, intérprete voluntário. “É essencial porque os surdos se sentem incluídos”, completou.

Na escola, não havia filas, mas os voluntários afirmaram que é um local que costuma ser vazio. Do lado de fora, santinhos do candidato à Prefeitura Marcelo Oliveira (PT) estavam pela calçada. “Todo ano é a mesma coisa, a mesma sujeira”, criticou a diarista Solange Passini, 54. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;