Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Comandante do Exército, Pujol cai de cavalo, quebra perna e passará por cirurgia



28/11/2020 | 17:02


O comandante do Exército, general Edson Pujol, sofreu um acidente neste sábado, 28, enquanto praticava equitação no Regimento Dragões da Independência, em Brasília.

O militar sofreu uma fratura no fêmur e está internado no Hospital das Forças Armadas, onde será submetido a uma cirurgia. Segundo comunicado oficial do Exército, Pujol está realizando exames e passa bem.

O local de equitação é frequentado regulamente pelo vice-presidente Hamilton Mourão.

Pelo menos duas vezes na semana, os generais mais influentes do governo se reúnem para treinar saltos no 1.º Regimento de Cavalaria de Guardas, a 20 quilômetros do Palácio do Planalto.

Eles madrugam para ficar ali por cerca de uma hora, período em que tentam ultrapassar obstáculos de até 1,10 metro de altura.

Os cavalos montados pelos generais do governo pertencem à unidade militar. Mas cabe aos oficiais da reserva prepará-los para o adestramento e pagar pelos gastos. Mourão, por exemplo, desembolsa cerca de R$ 500 por mês.

A Força usa os cavalos em competições, em escoltas, cerimônias da Presidência e, se for preciso, em situações de distúrbios e confusões nas ruas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Comandante do Exército, Pujol cai de cavalo, quebra perna e passará por cirurgia


28/11/2020 | 17:02


O comandante do Exército, general Edson Pujol, sofreu um acidente neste sábado, 28, enquanto praticava equitação no Regimento Dragões da Independência, em Brasília.

O militar sofreu uma fratura no fêmur e está internado no Hospital das Forças Armadas, onde será submetido a uma cirurgia. Segundo comunicado oficial do Exército, Pujol está realizando exames e passa bem.

O local de equitação é frequentado regulamente pelo vice-presidente Hamilton Mourão.

Pelo menos duas vezes na semana, os generais mais influentes do governo se reúnem para treinar saltos no 1.º Regimento de Cavalaria de Guardas, a 20 quilômetros do Palácio do Planalto.

Eles madrugam para ficar ali por cerca de uma hora, período em que tentam ultrapassar obstáculos de até 1,10 metro de altura.

Os cavalos montados pelos generais do governo pertencem à unidade militar. Mas cabe aos oficiais da reserva prepará-los para o adestramento e pagar pelos gastos. Mourão, por exemplo, desembolsa cerca de R$ 500 por mês.

A Força usa os cavalos em competições, em escoltas, cerimônias da Presidência e, se for preciso, em situações de distúrbios e confusões nas ruas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;