Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Florinda Meza se declara para Roberto Bolaños, morto há seis anos: Gostaria de estar com você de novo



28/11/2020 | 14:11


Florinda Meza fez uma homenagem para Roberto Bolaños nas redes sociais. A atriz se declarou ao marido, que morreu no dia 28 de novembro de 2014, e disse que seu amor por ele é eterno.

Queria voltar no tempo... mas não mudar nada, apenas estar com você de novo. Mesmo que por um minuto, me ver novamente em seus olhos, rir juntos, sonhar com tudo que sonhamos, criar o que imaginamos. Um instante que foi eterno. Como você é eterno agora. Eu te amo.

Lindo, não é?

Bolaños, que interpretou Chaves, Chapolin e tantos outros personagens, sofria com problemas crônicos e desde 2013 respirava com a ajuda de um cilindro de oxigênio. Uma das causas da morte do artista seria o Mal de Parkinson, doença revelada por Florinda em setembro de 2015, quase um ano após a morte do ator.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Florinda Meza se declara para Roberto Bolaños, morto há seis anos: Gostaria de estar com você de novo


28/11/2020 | 14:11


Florinda Meza fez uma homenagem para Roberto Bolaños nas redes sociais. A atriz se declarou ao marido, que morreu no dia 28 de novembro de 2014, e disse que seu amor por ele é eterno.

Queria voltar no tempo... mas não mudar nada, apenas estar com você de novo. Mesmo que por um minuto, me ver novamente em seus olhos, rir juntos, sonhar com tudo que sonhamos, criar o que imaginamos. Um instante que foi eterno. Como você é eterno agora. Eu te amo.

Lindo, não é?

Bolaños, que interpretou Chaves, Chapolin e tantos outros personagens, sofria com problemas crônicos e desde 2013 respirava com a ajuda de um cilindro de oxigênio. Uma das causas da morte do artista seria o Mal de Parkinson, doença revelada por Florinda em setembro de 2015, quase um ano após a morte do ator.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;