Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Bernardo endurece quarentena a partir de segunda-feira

Fotos Públicas Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Atividades de lazer voltam a ser proibidas, além de redução de capacidade e horário em estabelecimentos comerciais


Do dgabc.com.br

27/11/2020 | 14:49


Atualizada às 20h30

Após alta de cerca de 30% nas internações de paciente com Covid-19 no Grande ABC nas últimas duas semanas, a prefeitura de São Bernardo decidiu endurecer as regras de isolamento físico para tentar conter o avanço da doença. As medidas serão publicadas em decreto neste sábado (28), e valerão a partir da próxima segunda-feira (30). em live nesta noite, o prefeito reeleito Orlando Morando (PSDB) disse ainda que a fiscalização será intensificada "imediatamente". "O problema bateu na porta de novo. A culpa de quem? Minha? A cidade está preparada para atender os doentes, mas não vou mentir que vem pessoas de outros lugares, como de Diadema porque lá não fizeram nada. Peço que todos voltem a se ajudar, a se proteger", declarou.

Entre as ações que serão implantadas, de acordo com o Paço, estão as reduções das ocupações de 60% para 50% em bares, restaurantes, buffets, salões de beleza, shoppings e comércio em geral. Além disso, o horário de funcionamento também será diminuído. Bares e restaurantes poderão receber clientes só até às 21h, com encerramento das atividades às 22h. Apresentações de música ao vivo também estão proibidas, assim como fez Santo André. Shoppings e demais estabelecimentos comerciais só terão permissão para funcionar até às 22h.

A maior mudança acontecerá em academias, que passam de 60% para 40% de ocupação, e por seis horas no dia. Vestuários, chuveiros e piscinas deverão permanecer fechados. A mesma regra vale para clubes sociais e esportivos. Esportes coletivos voltam a ser proibidos, além de atividades de lazer como cinemas, teatros, boliches, atividades infantis e vallets.

No balanço dos casos de Covid-19 publicado pelo Diário na edição desta sexta-feira (27), a região totaliza 82.116 pessoas que foram infectadas pelo novo coronavírus. Do total, 2.579 foram diagnosticadas desde domingo, média diária de 516, quantidade 21,7% maior do que na semana passada. Conforme publicado nesta quinta-feira (26) pelo Diário, em apenas 25 dias, novembro ultrapassou o número de casos confirmados nos 31 dias de outubro.

Em relação às mortes de Covid-19, são 2.987 vítimas ao todo, sendo que 55 foram confirmadas nos últimos cinco dias, cerca de 11 por dia. O aumento é de 22,2% em comparação à última semana. Vale lembrar que os registros não ocorrem necessariamente no dia do óbito, já que depende de averiguação do diagnóstico e lançamento em plataforma do Ministério da Saúde para serem contabilizadas pelas prefeituras.

Santo André soma 23.132 casos e 677 falecimentos, São Bernardo acumula 33.475 infectados e 1.031 óbitos, São Caetano contabiliza 4.958 diagnósticos e 263 mortes, Diadema registra 10.771 positivos e 502 perdas, Mauá totaliza 7.059 confirmações e 381 vítimas fatais, Ribeirão Pires computa 2.070 contaminações e 106 vidas ceifadas, enquanto Rio Grande da Serra registra 651 casos e 27 óbitos. Ao menos 69.521 pessoas foram recuperadas.

No Estado de São Paulo, o governo estadual registra 41.773 mortes e 1.229.267 casos de Covid. São 1.084.660 pessoas curadas e 9.432 pacientes internados.

Segundo o Ministério da Saúde, 6.204.220 brasileiros foram infectados pelo coronavírus, dos quais 5.528.599 foram recuperados e 171.460 faleceram. Segue em acompanhamento 504.161 pessoas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Bernardo endurece quarentena a partir de segunda-feira

Atividades de lazer voltam a ser proibidas, além de redução de capacidade e horário em estabelecimentos comerciais

Do dgabc.com.br

27/11/2020 | 14:49


Atualizada às 20h30

Após alta de cerca de 30% nas internações de paciente com Covid-19 no Grande ABC nas últimas duas semanas, a prefeitura de São Bernardo decidiu endurecer as regras de isolamento físico para tentar conter o avanço da doença. As medidas serão publicadas em decreto neste sábado (28), e valerão a partir da próxima segunda-feira (30). em live nesta noite, o prefeito reeleito Orlando Morando (PSDB) disse ainda que a fiscalização será intensificada "imediatamente". "O problema bateu na porta de novo. A culpa de quem? Minha? A cidade está preparada para atender os doentes, mas não vou mentir que vem pessoas de outros lugares, como de Diadema porque lá não fizeram nada. Peço que todos voltem a se ajudar, a se proteger", declarou.

Entre as ações que serão implantadas, de acordo com o Paço, estão as reduções das ocupações de 60% para 50% em bares, restaurantes, buffets, salões de beleza, shoppings e comércio em geral. Além disso, o horário de funcionamento também será diminuído. Bares e restaurantes poderão receber clientes só até às 21h, com encerramento das atividades às 22h. Apresentações de música ao vivo também estão proibidas, assim como fez Santo André. Shoppings e demais estabelecimentos comerciais só terão permissão para funcionar até às 22h.

A maior mudança acontecerá em academias, que passam de 60% para 40% de ocupação, e por seis horas no dia. Vestuários, chuveiros e piscinas deverão permanecer fechados. A mesma regra vale para clubes sociais e esportivos. Esportes coletivos voltam a ser proibidos, além de atividades de lazer como cinemas, teatros, boliches, atividades infantis e vallets.

No balanço dos casos de Covid-19 publicado pelo Diário na edição desta sexta-feira (27), a região totaliza 82.116 pessoas que foram infectadas pelo novo coronavírus. Do total, 2.579 foram diagnosticadas desde domingo, média diária de 516, quantidade 21,7% maior do que na semana passada. Conforme publicado nesta quinta-feira (26) pelo Diário, em apenas 25 dias, novembro ultrapassou o número de casos confirmados nos 31 dias de outubro.

Em relação às mortes de Covid-19, são 2.987 vítimas ao todo, sendo que 55 foram confirmadas nos últimos cinco dias, cerca de 11 por dia. O aumento é de 22,2% em comparação à última semana. Vale lembrar que os registros não ocorrem necessariamente no dia do óbito, já que depende de averiguação do diagnóstico e lançamento em plataforma do Ministério da Saúde para serem contabilizadas pelas prefeituras.

Santo André soma 23.132 casos e 677 falecimentos, São Bernardo acumula 33.475 infectados e 1.031 óbitos, São Caetano contabiliza 4.958 diagnósticos e 263 mortes, Diadema registra 10.771 positivos e 502 perdas, Mauá totaliza 7.059 confirmações e 381 vítimas fatais, Ribeirão Pires computa 2.070 contaminações e 106 vidas ceifadas, enquanto Rio Grande da Serra registra 651 casos e 27 óbitos. Ao menos 69.521 pessoas foram recuperadas.

No Estado de São Paulo, o governo estadual registra 41.773 mortes e 1.229.267 casos de Covid. São 1.084.660 pessoas curadas e 9.432 pacientes internados.

Segundo o Ministério da Saúde, 6.204.220 brasileiros foram infectados pelo coronavírus, dos quais 5.528.599 foram recuperados e 171.460 faleceram. Segue em acompanhamento 504.161 pessoas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;