Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com dobradinha da Mercedes, Hamilton lidera o 1º treino livre do GP do Bahrein



27/11/2020 | 09:55


Agora heptacampeão mundial de Fórmula 1 - conquistou o título por antecipação na corrida passada, na Turquia -, o inglês Lewis Hamilton começou com o pé direito o GP do Bahrein, a 15.ª e antepenúltima etapa da temporada de 2020. O piloto da Mercedes voltou a brilhar na primeira sessão de treinos livres e foi o mais rápido da atividade inaugural no circuito de Sakhir.

Com o tempo de 1min29s033, Hamilton liderou a dobradinha da Mercedes no primeiro treinamento de pista, que serviu mais para os pilotos testarem qual a melhor composição de pneus para o treino oficial de classificação, que neste sábado definirá o grid de largada, e para a corrida no domingo. O inglês foi 0s449 mais rápido que o finlandês Valtteri Bottas, que cravou 1min29s482.

O mexicano Sergio Pérez, destaque com a Racing Point ao terminar o último GP da Turquia em segundo lugar, concluiu o primeiro treino livre no Bahrein na terceira posição - ficou a quase um segundo de Hamilton com o tempo cravado em 1min30s000.

A quarta colocação ficou com o espanhol Carlos Sainz Jr., da McLaren. Os cinco primeiros postos foram completados por Pierre Gasly, da AlphaTauri. O francês ficou à frente de seu ex-companheiro de Red Bull, o holandês Max Verstappen, que chegou a rodar com a sua Red Bull na última curva, antes da entrada dos boxes, na metade da atividade.

Outro piloto da Red Bull, o tailandês Alexander Albon foi o sétimo colocado, à frente do francês Esteban Ocon, da Renault. O canadense Lance Stroll, da Racing Point, foi o nono e o Top 10 foi completado pelo australiano Daniel Ricciardo, da Renault. Com um péssimo desempenho, a Ferrari teve o monegasco Charles Leclerc, que chegou a escapar na curva 2, na 11.ª colocação e o alemão Sebastian Vettel logo atrás, em 12.º.

O 13.º lugar ficou com o polonês Robert Kubica, piloto de testes da Alfa Romeo que correu na vaga do finlandês Kimi Raikkonen. A sessão inaugural no Bahrein também teve outro "piloto testador": o israelense Roy Nissany, que assumiu a vaga do canadense Nicholas Latifi na Williams.

O segundo treino livre será disputado a partir das 12 horas (de Brasília) desta sexta-feira. No sábado, a sessão de classificação para a definição do grid de largada terá início às 11 horas. A largada do GP do Bahrein está agendada para as 11h10 de domingo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com dobradinha da Mercedes, Hamilton lidera o 1º treino livre do GP do Bahrein


27/11/2020 | 09:55


Agora heptacampeão mundial de Fórmula 1 - conquistou o título por antecipação na corrida passada, na Turquia -, o inglês Lewis Hamilton começou com o pé direito o GP do Bahrein, a 15.ª e antepenúltima etapa da temporada de 2020. O piloto da Mercedes voltou a brilhar na primeira sessão de treinos livres e foi o mais rápido da atividade inaugural no circuito de Sakhir.

Com o tempo de 1min29s033, Hamilton liderou a dobradinha da Mercedes no primeiro treinamento de pista, que serviu mais para os pilotos testarem qual a melhor composição de pneus para o treino oficial de classificação, que neste sábado definirá o grid de largada, e para a corrida no domingo. O inglês foi 0s449 mais rápido que o finlandês Valtteri Bottas, que cravou 1min29s482.

O mexicano Sergio Pérez, destaque com a Racing Point ao terminar o último GP da Turquia em segundo lugar, concluiu o primeiro treino livre no Bahrein na terceira posição - ficou a quase um segundo de Hamilton com o tempo cravado em 1min30s000.

A quarta colocação ficou com o espanhol Carlos Sainz Jr., da McLaren. Os cinco primeiros postos foram completados por Pierre Gasly, da AlphaTauri. O francês ficou à frente de seu ex-companheiro de Red Bull, o holandês Max Verstappen, que chegou a rodar com a sua Red Bull na última curva, antes da entrada dos boxes, na metade da atividade.

Outro piloto da Red Bull, o tailandês Alexander Albon foi o sétimo colocado, à frente do francês Esteban Ocon, da Renault. O canadense Lance Stroll, da Racing Point, foi o nono e o Top 10 foi completado pelo australiano Daniel Ricciardo, da Renault. Com um péssimo desempenho, a Ferrari teve o monegasco Charles Leclerc, que chegou a escapar na curva 2, na 11.ª colocação e o alemão Sebastian Vettel logo atrás, em 12.º.

O 13.º lugar ficou com o polonês Robert Kubica, piloto de testes da Alfa Romeo que correu na vaga do finlandês Kimi Raikkonen. A sessão inaugural no Bahrein também teve outro "piloto testador": o israelense Roy Nissany, que assumiu a vaga do canadense Nicholas Latifi na Williams.

O segundo treino livre será disputado a partir das 12 horas (de Brasília) desta sexta-feira. No sábado, a sessão de classificação para a definição do grid de largada terá início às 11 horas. A largada do GP do Bahrein está agendada para as 11h10 de domingo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;