Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Doria: Não há razão científica para que Coronavac não faça parte do PNI



26/11/2020 | 15:23


O governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que não há nenhuma razão "de ordem científica e de saúde" para impedir que a Coronavac faça parte do Programa Nacional de Imunização (PNI). "Exceto se houver uma razão de ordem política e ideológica, o que configuraria um absurdo", completou.

Até o momento, o governo federal não apresentou programa de imunização contra o novo coronavírus. Doria voltou a afirmar que o governo estadual tem um plano alternativo para garantir a imunização dos paulistas caso o governo insista em não apresentar a inclusão da vacina no programa de imunização.

"Não vamos esperar morrerem mais pessoas para a aplicação de vacinas. Vamos vacinar e salvar os brasileiros de São Paulo, se necessário for", disse o governador durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes nesta quinta-feira, 26.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Doria: Não há razão científica para que Coronavac não faça parte do PNI


26/11/2020 | 15:23


O governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que não há nenhuma razão "de ordem científica e de saúde" para impedir que a Coronavac faça parte do Programa Nacional de Imunização (PNI). "Exceto se houver uma razão de ordem política e ideológica, o que configuraria um absurdo", completou.

Até o momento, o governo federal não apresentou programa de imunização contra o novo coronavírus. Doria voltou a afirmar que o governo estadual tem um plano alternativo para garantir a imunização dos paulistas caso o governo insista em não apresentar a inclusão da vacina no programa de imunização.

"Não vamos esperar morrerem mais pessoas para a aplicação de vacinas. Vamos vacinar e salvar os brasileiros de São Paulo, se necessário for", disse o governador durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes nesta quinta-feira, 26.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;