Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Campos Neto: Pix veio para facilitar vida das pessoas



25/11/2020 | 18:48


O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou nesta quarta-feira, 25, que o Pix - sistema brasileiro de pagamentos instantâneos - surgiu para "facilitar a vida das pessoas". "Ele veio para viabilizar novos negócios", disse, durante evento virtual.

Lançado em 16 de novembro, o Pix permite pagamentos e transferências 24 horas por dia, 7 dias por semana, todos os dias do ano. "Queremos reduzir o custo operacional de pequenos negócios", disse. "O Pix tem 762 instituições participando. Houve corrida para inserir chaves de clientes", disse. Conforme Campos Neto, hoje 83 milhões de chaves já foram cadastradas no Pix.

Ao tratar do open banking - o sistema brasileiro de compartilhamento de informações de clientes - Campos Neto afirmou que "a ciência de dados é para onde mercado financeiro está se deslocando". "No open banking, pessoas são donas de seus dados", lembrou. Segundo ele, com o sistema, os clientes bancários receberão melhores produtos, com preços mais competitivos.

Campos Neto também voltou a defender a ideia de que a próxima "corrida do ouro" no setor financeiro girará em torno da integração entre mensageria, pagamentos e conteúdo. Segundo ele, as instituições poderão anunciar seus produtos, vendê-los, receber por eles e realizar análises de satisfação.

Campos Neto participou hoje do evento virtual "IV Painel Cooperativismo Financeiro", organizado pela cooperativa Sicoob Engecred.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Campos Neto: Pix veio para facilitar vida das pessoas


25/11/2020 | 18:48


O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou nesta quarta-feira, 25, que o Pix - sistema brasileiro de pagamentos instantâneos - surgiu para "facilitar a vida das pessoas". "Ele veio para viabilizar novos negócios", disse, durante evento virtual.

Lançado em 16 de novembro, o Pix permite pagamentos e transferências 24 horas por dia, 7 dias por semana, todos os dias do ano. "Queremos reduzir o custo operacional de pequenos negócios", disse. "O Pix tem 762 instituições participando. Houve corrida para inserir chaves de clientes", disse. Conforme Campos Neto, hoje 83 milhões de chaves já foram cadastradas no Pix.

Ao tratar do open banking - o sistema brasileiro de compartilhamento de informações de clientes - Campos Neto afirmou que "a ciência de dados é para onde mercado financeiro está se deslocando". "No open banking, pessoas são donas de seus dados", lembrou. Segundo ele, com o sistema, os clientes bancários receberão melhores produtos, com preços mais competitivos.

Campos Neto também voltou a defender a ideia de que a próxima "corrida do ouro" no setor financeiro girará em torno da integração entre mensageria, pagamentos e conteúdo. Segundo ele, as instituições poderão anunciar seus produtos, vendê-los, receber por eles e realizar análises de satisfação.

Campos Neto participou hoje do evento virtual "IV Painel Cooperativismo Financeiro", organizado pela cooperativa Sicoob Engecred.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;