Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

CBF registra 689 casos positivos de Covid-19 nas quatro divisões do Brasileiro

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


25/11/2020 | 15:01


A CBF registrou até este mês de novembro 689 casos positivos do novo coronavírus entre jogadores e membros da comissão técnica nos times das Série A, B, C e D do Campeonato Brasileiro. A informação está presente no documento intitulado "Eficácia e segurança do Protocolo Médico da CBF", produzido pela Comissão Médica da Entidade, finalizado recentemente e obtido pela reportagem do Estadão.

O material analisou os resultados de 47.450 testes PCR em 1.161 jogos do Campeonato Brasileiro das quatro primeiras divisões e também de mais outras três competições para categorias inferiores: sub-17, sub-20 e aspirantes. Ao todo, na soma de todos esses torneios, foram registrados 807 testes positivos, o que corresponde a 1,7% do total de amostras.

O levantamento afirma que até o momento o protocolo de cuidados da CBF tem sido eficaz. A comissão médica revela ter analisado mais de 60 mil inquéritos individuais. Uma das principais análises foi descartar a possibilidade de transmissão de covid-19 de um time para outro, a contaminação cruzada. Para verificar essa possibilidade, os médicos acompanharam mais atentamente as partidas em que uma das equipes tinha três ou mais atletas afastados por causa de testes positivos.

Depois, a análise recaiu exatamente sobre quem jogou contra esse time. Ao longo de três semanas os médicos avaliaram de perto a equipe adversária para verificar se existiu o aumento do número de casos e monitoraram o resultado de todos os testes PCR. Ao todo foram analisadas 67 interações desse tipo e não foi encontrado nenhum contágio.

A elite do Brasileirão registrou desde o início da competição até agora 97 casos positivos, segundo o levantamento. Uma proporção de 1,3% em comparação ao número de testes. A competição com mais casos é a Série D, com 348, o que equivale a 2,1% dos exames.

Número de casos positivos:

Série A: 97

Série B: 128

Série C: 116

Série D: 348

Sub-17: 23

Sub-20: 84

Aspirantes: 11

Total: 807



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

CBF registra 689 casos positivos de Covid-19 nas quatro divisões do Brasileiro


25/11/2020 | 15:01


A CBF registrou até este mês de novembro 689 casos positivos do novo coronavírus entre jogadores e membros da comissão técnica nos times das Série A, B, C e D do Campeonato Brasileiro. A informação está presente no documento intitulado "Eficácia e segurança do Protocolo Médico da CBF", produzido pela Comissão Médica da Entidade, finalizado recentemente e obtido pela reportagem do Estadão.

O material analisou os resultados de 47.450 testes PCR em 1.161 jogos do Campeonato Brasileiro das quatro primeiras divisões e também de mais outras três competições para categorias inferiores: sub-17, sub-20 e aspirantes. Ao todo, na soma de todos esses torneios, foram registrados 807 testes positivos, o que corresponde a 1,7% do total de amostras.

O levantamento afirma que até o momento o protocolo de cuidados da CBF tem sido eficaz. A comissão médica revela ter analisado mais de 60 mil inquéritos individuais. Uma das principais análises foi descartar a possibilidade de transmissão de covid-19 de um time para outro, a contaminação cruzada. Para verificar essa possibilidade, os médicos acompanharam mais atentamente as partidas em que uma das equipes tinha três ou mais atletas afastados por causa de testes positivos.

Depois, a análise recaiu exatamente sobre quem jogou contra esse time. Ao longo de três semanas os médicos avaliaram de perto a equipe adversária para verificar se existiu o aumento do número de casos e monitoraram o resultado de todos os testes PCR. Ao todo foram analisadas 67 interações desse tipo e não foi encontrado nenhum contágio.

A elite do Brasileirão registrou desde o início da competição até agora 97 casos positivos, segundo o levantamento. Uma proporção de 1,3% em comparação ao número de testes. A competição com mais casos é a Série D, com 348, o que equivale a 2,1% dos exames.

Número de casos positivos:

Série A: 97

Série B: 128

Série C: 116

Série D: 348

Sub-17: 23

Sub-20: 84

Aspirantes: 11

Total: 807

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;