Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Alguns europeus terão acesso à vacina antes do fim do ano, diz Comissão Europeia

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

"Mas o relaxamento de medidas contra a Covid-19 são um risco muito grande para uma terceira onda", alertou Ursula Von Der Leyen



25/11/2020 | 07:47


A presidente da Comissão Europeia, Ursula Von Der Leyen, disse nesta quarta-feira, 25, no Parlamento Europeu, que alguns cidadãos do continente terão acesso à vacina contra a Covid-19 antes do fim deste ano. "Mas o relaxamento de medidas contra a covid-19 são um risco muito grande para uma terceira onda", alertou.

Ursula Von Der Leyen defendeu ainda, no Parlamento Europeu, a cláusula do Orçamento 2021-2027 e do fundo de recuperação da crise que prevê a necessidade de respeito ao Estado de Direito para os países terem acesso aos recursos.

A Polônia e a Hungria são contra o dispositivo e bloqueiam as discussões. "É difícil entender os problemas com o Estado de Direito", destacou Von Der Leyen.

As declarações de Ursula foram feitas em uma plenária para debater a preparação do Conselho Europeu, que será realizado em 10 e 11 de dezembro. Eurodeputados defenderam o ponto de vista da presidente da Comissão.

A francesa Valérie Hayer, do Em Marcha!, afirmou que a UE não pode ser chantageada. O italiano Dino Giarrusso, do Movimento 5 Estrelas, acusou disse que a Hungria e a Polônia têm de assumir suas responsabilidades e desobstruir a discussão. "Nossos filhos tem de ter acesso a estes recursos", afirmou Giarrusso.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Alguns europeus terão acesso à vacina antes do fim do ano, diz Comissão Europeia

"Mas o relaxamento de medidas contra a Covid-19 são um risco muito grande para uma terceira onda", alertou Ursula Von Der Leyen


25/11/2020 | 07:47


A presidente da Comissão Europeia, Ursula Von Der Leyen, disse nesta quarta-feira, 25, no Parlamento Europeu, que alguns cidadãos do continente terão acesso à vacina contra a Covid-19 antes do fim deste ano. "Mas o relaxamento de medidas contra a covid-19 são um risco muito grande para uma terceira onda", alertou.

Ursula Von Der Leyen defendeu ainda, no Parlamento Europeu, a cláusula do Orçamento 2021-2027 e do fundo de recuperação da crise que prevê a necessidade de respeito ao Estado de Direito para os países terem acesso aos recursos.

A Polônia e a Hungria são contra o dispositivo e bloqueiam as discussões. "É difícil entender os problemas com o Estado de Direito", destacou Von Der Leyen.

As declarações de Ursula foram feitas em uma plenária para debater a preparação do Conselho Europeu, que será realizado em 10 e 11 de dezembro. Eurodeputados defenderam o ponto de vista da presidente da Comissão.

A francesa Valérie Hayer, do Em Marcha!, afirmou que a UE não pode ser chantageada. O italiano Dino Giarrusso, do Movimento 5 Estrelas, acusou disse que a Hungria e a Polônia têm de assumir suas responsabilidades e desobstruir a discussão. "Nossos filhos tem de ter acesso a estes recursos", afirmou Giarrusso.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;