Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Curado da covid-19, Casemiro diz que ainda não é possível ter torcida em estádios



24/11/2020 | 10:59


Afastado por quase um mês após ter sido infectado pela covid-19, o volante Casemiro está de volta aos gramados nesta quarta-feira em um duelo decisivo do Real Madrid contra a Inter de Milão, na Itália, pelo Grupo B da Liga dos Campeões da Europa. Por conta da pandemia do novo coronavírus, os jogos de futebol seguem sem torcida nos estádios. A atual situação sanitária no mundo preocupa o jogador brasileiro.

"Tenho certeza de que os torcedores do Real Madrid estão assistindo aos jogos da equipe e torcendo de casa. Sabemos que a situação não parece boa para a volta da torcida nos estádios agora e isso tem que acontecer aos poucos porque trata-se de um caso complexo e temos que nos cuidar", afirmou Casemiro nesta terça-feira, em entrevista ao site da Uefa, mostrando desânimo com alguns projetos para a volta do público aos estádios da Europa, como planejado na Inglaterra.

"Estamos tristes, mas entendemos que o futebol, infelizmente, é jogado assim agora. Nos adaptamos um pouco, mas se pudéssemos escolher, claro, gostaríamos dos torcedores, já que eles são muito importante para nós", completou o brasileiro.

Por conta da covid-19, Casemiro ficou de fora de jogos importantes do Real Madrid, pelo Campeonato Espanhol e pela Liga dos Campeões, e teve de ser cortado da seleção brasileira nos últimos compromissos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 contra Venezuela e Uruguai.

Agora está liberado para entrar em campo contra a Inter de Milão, sabendo que a partida na Itália é decisiva. Com quatro pontos, o Real Madrid está em terceiro lugar no Grupo B. Tem a mesma pontuação do Shakhtar Donetsk, mas fica atrás nos critérios de desempate. O líder, de forma surpreendente, é o Borussia Mönchengladbach, da Alemanha, com cinco, e o time italiano está na lanterna coim dois.

"No Real Madrid todos respiramos a Champions e todos a vivemos para ganhar. Sabemos que é um grupo difícil. O Shakhtar tem jogadores brasileiros de grande qualidade. O Borussia tem estado muito bem na Alemanha, com um treinador que tem ideias muito claras. E a Inter é uma grande equipe, com uma tradição forte e um treinador com uma visão muito clara do jogo", comentou Casemiro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Curado da covid-19, Casemiro diz que ainda não é possível ter torcida em estádios


24/11/2020 | 10:59


Afastado por quase um mês após ter sido infectado pela covid-19, o volante Casemiro está de volta aos gramados nesta quarta-feira em um duelo decisivo do Real Madrid contra a Inter de Milão, na Itália, pelo Grupo B da Liga dos Campeões da Europa. Por conta da pandemia do novo coronavírus, os jogos de futebol seguem sem torcida nos estádios. A atual situação sanitária no mundo preocupa o jogador brasileiro.

"Tenho certeza de que os torcedores do Real Madrid estão assistindo aos jogos da equipe e torcendo de casa. Sabemos que a situação não parece boa para a volta da torcida nos estádios agora e isso tem que acontecer aos poucos porque trata-se de um caso complexo e temos que nos cuidar", afirmou Casemiro nesta terça-feira, em entrevista ao site da Uefa, mostrando desânimo com alguns projetos para a volta do público aos estádios da Europa, como planejado na Inglaterra.

"Estamos tristes, mas entendemos que o futebol, infelizmente, é jogado assim agora. Nos adaptamos um pouco, mas se pudéssemos escolher, claro, gostaríamos dos torcedores, já que eles são muito importante para nós", completou o brasileiro.

Por conta da covid-19, Casemiro ficou de fora de jogos importantes do Real Madrid, pelo Campeonato Espanhol e pela Liga dos Campeões, e teve de ser cortado da seleção brasileira nos últimos compromissos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 contra Venezuela e Uruguai.

Agora está liberado para entrar em campo contra a Inter de Milão, sabendo que a partida na Itália é decisiva. Com quatro pontos, o Real Madrid está em terceiro lugar no Grupo B. Tem a mesma pontuação do Shakhtar Donetsk, mas fica atrás nos critérios de desempate. O líder, de forma surpreendente, é o Borussia Mönchengladbach, da Alemanha, com cinco, e o time italiano está na lanterna coim dois.

"No Real Madrid todos respiramos a Champions e todos a vivemos para ganhar. Sabemos que é um grupo difícil. O Shakhtar tem jogadores brasileiros de grande qualidade. O Borussia tem estado muito bem na Alemanha, com um treinador que tem ideias muito claras. E a Inter é uma grande equipe, com uma tradição forte e um treinador com uma visão muito clara do jogo", comentou Casemiro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;