Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

País quer elevar comércio com a Índia de US$ 3 bi para US$ 100 bi/ano, diz Guedes



23/11/2020 | 13:48


O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a pandemia de covid-19 travou o comércio global, mas que o Brasil quer ter a mesma relação comercial com a Índia do que tem com a China atualmente. Segundo o ministro, assim como ocorreu com os chineses, o Brasil quer aumentar o comércio com a Índia de US$ 2 a US$ 3 bilhões por ano para R$ 100 bilhões por ano, que é a previsão de exportações para a China nos próximos 10 anos.

"Vamos redescobrir os caminhos das Índias através do Oriente Médio", comentou Guedes, citando que há um plano de fazer escoamento da produção de grãos para o exterior pelo Oceano Pacífico, através do Peru.

Ele afirmou que o Brasil quer maior abertura comercial e mais acordos. "Nossos olhos brilham como vemos acordos como o da Ásia, que integram toda a região."

Hoje, disse, o País ainda tem uma das economias mais fechadas do mundo, com um sistema tributário que é um "manicômio". "O Brasil ficou de fora da competição forte global, ficou escondido na gruta do Mercosul por motivações ideológicas", afirmou, referindo-se a anos anteriores.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

País quer elevar comércio com a Índia de US$ 3 bi para US$ 100 bi/ano, diz Guedes


23/11/2020 | 13:48


O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a pandemia de covid-19 travou o comércio global, mas que o Brasil quer ter a mesma relação comercial com a Índia do que tem com a China atualmente. Segundo o ministro, assim como ocorreu com os chineses, o Brasil quer aumentar o comércio com a Índia de US$ 2 a US$ 3 bilhões por ano para R$ 100 bilhões por ano, que é a previsão de exportações para a China nos próximos 10 anos.

"Vamos redescobrir os caminhos das Índias através do Oriente Médio", comentou Guedes, citando que há um plano de fazer escoamento da produção de grãos para o exterior pelo Oceano Pacífico, através do Peru.

Ele afirmou que o Brasil quer maior abertura comercial e mais acordos. "Nossos olhos brilham como vemos acordos como o da Ásia, que integram toda a região."

Hoje, disse, o País ainda tem uma das economias mais fechadas do mundo, com um sistema tributário que é um "manicômio". "O Brasil ficou de fora da competição forte global, ficou escondido na gruta do Mercosul por motivações ideológicas", afirmou, referindo-se a anos anteriores.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;