Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 24 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Primeiro lote da Coronavac chega em São Paulo

Divulgação/Governo do Estado Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Com escolta especial, imunizantes vindos da China serão armazenados pelo Butantan e aguardarão liberação da Anvisa para início da aplicação


Do Diário do Grande ABC

19/11/2020 | 10:12


 O primeiro lote de vacinas Coronavac, produzidas pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech, acaba de chegar em São Paulo, no aeroporto de Guarulhos. O governador do Estado, João Doria (PSDB), o secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn, e o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, estiveram no local para acompanhar o procedimento de entrega do imunizante, que seguiu com escolta para ser armazenado. Para início da aplicação aguarda-se a liberação da Anvisa (Agência  Nacional de Vigilância Sanitária). 

Em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, o governador João Doria (PSDB) disse que não há uma corrida para produzir apenas por este imunizante. "São Paulo não quer só a vacina do Butanta, quer também outras vacinas, que atenda a toda população brasileira. Este é um momento crucial para o desenvolvimento do País. Não vamos perder tempo com discussões de ordem ideológica, de ordem política, enquanto milhares de brasileiros morrem. Chega!", afirmou. 

Segundo revista científica The Lancet, o medicamento está aprovado para ser usado de emergência e em estudos de fase 3. A Coronavac tem capacidade de produzir resposta imune no organismo 28 dias após sua aplicação em 97% dos casos.

A previsão do governo é que até janeiro haja 46 milhões de doses de vacinas para uso no País.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Primeiro lote da Coronavac chega em São Paulo

Com escolta especial, imunizantes vindos da China serão armazenados pelo Butantan e aguardarão liberação da Anvisa para início da aplicação

Do Diário do Grande ABC

19/11/2020 | 10:12


 O primeiro lote de vacinas Coronavac, produzidas pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech, acaba de chegar em São Paulo, no aeroporto de Guarulhos. O governador do Estado, João Doria (PSDB), o secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn, e o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, estiveram no local para acompanhar o procedimento de entrega do imunizante, que seguiu com escolta para ser armazenado. Para início da aplicação aguarda-se a liberação da Anvisa (Agência  Nacional de Vigilância Sanitária). 

Em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, o governador João Doria (PSDB) disse que não há uma corrida para produzir apenas por este imunizante. "São Paulo não quer só a vacina do Butanta, quer também outras vacinas, que atenda a toda população brasileira. Este é um momento crucial para o desenvolvimento do País. Não vamos perder tempo com discussões de ordem ideológica, de ordem política, enquanto milhares de brasileiros morrem. Chega!", afirmou. 

Segundo revista científica The Lancet, o medicamento está aprovado para ser usado de emergência e em estudos de fase 3. A Coronavac tem capacidade de produzir resposta imune no organismo 28 dias após sua aplicação em 97% dos casos.

A previsão do governo é que até janeiro haja 46 milhões de doses de vacinas para uso no País.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;