Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

EC São Bernardo fica com vice da Série A-3

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Alvinegro perde do Velo Clube por 3 a 0, no 1º de Maio, e não alcança o primeiro título


Derek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

17/11/2020 | 09:05


Tinha tudo para ser um dia de festa em branco e preto no Estádio 1º de Maio. Depois do temporal no jogo de ida, EC São Bernardo e Velo Clube foram abençoados com uma tarde ensolarada para a disputa da partida de volta da final do Campeonato Paulista da Série A-3. Depois de conquistarem o acesso à A-2 de 2021, os dois clubes buscavam o primeiro título de suas histórias, para encerrar um torneio que terminou após nove meses – interrompido em razão da pandemia da Covid-19. Mas, no fim, só um sairia de campo feliz. E este foi o time do Interior. Vencedor da ida por 2 a 1, o representante de Rio Claro se impôs e aplicou 3 a 0 sobre um apático Cachorrão, que apresentou misto de nervosismo excessivo e comportamento desleixado.

Os velistas se aproveitaram disso, marcaram os três tentos nos 22 primeiros minutos de partida e administraram até o fim para, em plena casa são-bernardense, soltarem o grito de “é campeão”. O Velo Clube faturou R$ 110 mil pelo título, enquanto o vice rendeu R$ 77 mil ao EC São Bernardo .

Reforçado com as voltas de Alexandre e Willian, o EC São Bernardo iniciou a partida dando mostras de que faria a lição de casa e alcançaria a reviravolta no placar. Porém, o técnico Cleber Gaúcho soube muito bem armar o Velo Clube: colocou o artilheiro Lucas Duni para brigar com a pesada zaga alvinegra e, de repente, em nove minutos, os visitantes venciam por 2 a 0, dois gols do artilheiro – que ultrapassou Victor Sapo e abocanhou o título de principal goleador do torneio. Em lances parecidos, no primeiro tento ele passou por dois defensores e bateu na saída de Maurício. No segundo, ganhou de Erwin e fuzilou: 2 a 0.

Abatido e atordoado, o EC São Bernardo tentava assimilar os golpes. O técnico Renato Peixe tentou tirar o zagueiro Dante e colocou o atacante Luiz Francisco. Porém, aos 22, veio o golpe de misericórdia: após cruzamento da esquerda, Diogo Henrique cabeceou no canto e definiu.

É bem verdade que o Cachorrão teve tempo para tentar, ao menos, diminuir o prejuízo. Mas o nervosismo tomou conta do time, que mirou sua frustração e braveza no árbitro Thiago Lourenço de Mattos. Em vão. E foi assim que o Velo foi campeão.

“É um sentimento bem dividido. Alegre pelo primeiro objetivo, que era o acesso, mas triste por deixar escapar o primeiro título da história do clube, que seria a cereja do bolo. Bola para frente. Estamos de parabéns. Agora é hora de descansar para vir forte o ano que vem”, disse Renato Peixe. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

EC São Bernardo fica com vice da Série A-3

Alvinegro perde do Velo Clube por 3 a 0, no 1º de Maio, e não alcança o primeiro título

Derek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

17/11/2020 | 09:05


Tinha tudo para ser um dia de festa em branco e preto no Estádio 1º de Maio. Depois do temporal no jogo de ida, EC São Bernardo e Velo Clube foram abençoados com uma tarde ensolarada para a disputa da partida de volta da final do Campeonato Paulista da Série A-3. Depois de conquistarem o acesso à A-2 de 2021, os dois clubes buscavam o primeiro título de suas histórias, para encerrar um torneio que terminou após nove meses – interrompido em razão da pandemia da Covid-19. Mas, no fim, só um sairia de campo feliz. E este foi o time do Interior. Vencedor da ida por 2 a 1, o representante de Rio Claro se impôs e aplicou 3 a 0 sobre um apático Cachorrão, que apresentou misto de nervosismo excessivo e comportamento desleixado.

Os velistas se aproveitaram disso, marcaram os três tentos nos 22 primeiros minutos de partida e administraram até o fim para, em plena casa são-bernardense, soltarem o grito de “é campeão”. O Velo Clube faturou R$ 110 mil pelo título, enquanto o vice rendeu R$ 77 mil ao EC São Bernardo .

Reforçado com as voltas de Alexandre e Willian, o EC São Bernardo iniciou a partida dando mostras de que faria a lição de casa e alcançaria a reviravolta no placar. Porém, o técnico Cleber Gaúcho soube muito bem armar o Velo Clube: colocou o artilheiro Lucas Duni para brigar com a pesada zaga alvinegra e, de repente, em nove minutos, os visitantes venciam por 2 a 0, dois gols do artilheiro – que ultrapassou Victor Sapo e abocanhou o título de principal goleador do torneio. Em lances parecidos, no primeiro tento ele passou por dois defensores e bateu na saída de Maurício. No segundo, ganhou de Erwin e fuzilou: 2 a 0.

Abatido e atordoado, o EC São Bernardo tentava assimilar os golpes. O técnico Renato Peixe tentou tirar o zagueiro Dante e colocou o atacante Luiz Francisco. Porém, aos 22, veio o golpe de misericórdia: após cruzamento da esquerda, Diogo Henrique cabeceou no canto e definiu.

É bem verdade que o Cachorrão teve tempo para tentar, ao menos, diminuir o prejuízo. Mas o nervosismo tomou conta do time, que mirou sua frustração e braveza no árbitro Thiago Lourenço de Mattos. Em vão. E foi assim que o Velo foi campeão.

“É um sentimento bem dividido. Alegre pelo primeiro objetivo, que era o acesso, mas triste por deixar escapar o primeiro título da história do clube, que seria a cereja do bolo. Bola para frente. Estamos de parabéns. Agora é hora de descansar para vir forte o ano que vem”, disse Renato Peixe. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;