Nacional Titulo
Doador de sangue é recusado por revelar homossexualidade
04/10/2007 | 07:09
Compartilhar notícia


O funcionário público R.F.S., 37 anos, que doa sangue há mais de 18 anos, passou por uma situação constrangedora. Ao declarar sua condição de homossexual, o funcionário do Hemonúcleo de Sorocaba, recusou a doação.

Ele se considerou discriminado e questionou os critérios da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que coloca os homossexuais no mesmo grupo de risco de prostitutas e usuários de droga.

“Expliquei que sou homossexual, mas mantenho uma relação estável há cinco anos.” R. não se considera “um risco” para pessoas que recebem o seu sangue, pois se relaciona apenas com seu parceiro e faz exames regulares.

Ele acha que, se tivesse mentido, teria continuado a doar sangue normalmente. “Pode haver outros doadores que escondem sua real condição.”

Ele ainda não decidiu se vai tomar alguma medida para tentar reverter a recusa. “Não acho justo não poder doar somente pelo fato de ter admitido minha opção sexual.”



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;