Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Volpi é recepcionado com festa em Ribeirão Pires e acredita em cenário ‘irreversível’

Flavia Kurotori/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Presidente do partido diz estar pronto para defender impugnação; vice defende experiência de Clóvis


Flávia Kurotori/DGABC

15/11/2020 | 18:24


Atualizado às 18h56

Candidato à Prefeitura de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi (PL) foi recepcionado pelos correligionários com festa. Por volta das 18h30, o político chegou ao escritório do partido, no Pastorinho, onde equipe acompanha a apuração enquanto realiza contagem prévia dos votos com base no relatório das urnas. “Esta apuração que fazemos em paralelo já define uma vitória irreversível. Neste momento, consideramos que saímos das urnas vencedores”, disse. Em relação ao risco da candidatura ser impugnada, Volpi garantiu estar confiante. “Temos muitos recursos a serem impetrados, muitos julgamentos. Estamos com o corpo jurídico muito bom, não teremos nenhum problema”, apontou.

Equipe do candidato aguarda resultado das eleições com otimismo. Ele já foi prefeito da estância. “Fizemos a lição de casa. Estamos otimistas, trabalhamos quase dois anos na candidatura do (candidato à prefeito) e agora esperamos a abertura das urnas”, afirmou o presidente municipal do PL, Nonô Nardelli.

Principal adversário, o atual prefeito e candidato à reeleição Kiko Teixeira (PSDB) tenta convencer a Justiça Eleitoral a indeferir a campanha de Volpi. Isso porque o ex-prefeito teve as contas de 2012 rejeitadas pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado), que também foram reprovadas na Câmara. Embora a casa tenha revisto a decisão e voltado atrás, o processo foi anulado pelo TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo).

Nardelli assinalou que não há o que temer, já que “todo mundo pode entrar com um pedido” e que o departamento jurídico do partido está pronto para defender Volpi.

Candidato a vice-prefeito, Amigão D’Orto disse que está ansioso e aposta na experiência de Volpi para comandar a Prefeitura de Ribeirão Pires. “Ele conhece como funciona. Vamos fazer a mudança necessária”, comentou em alusão às promessas proferidas durante a campanha, que incluem a redução das secretarias de 21 para 12 e a redução de cargos comissionados de cerca de 400 para 100.

Equipe de reportagem acompanha a apuração no escritório do PL no Pastorinho. Correligionários estão contabilizando votos com base em relatório das urnas dos colégios eleitorais da cidade.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Volpi é recepcionado com festa em Ribeirão Pires e acredita em cenário ‘irreversível’

Presidente do partido diz estar pronto para defender impugnação; vice defende experiência de Clóvis

Flávia Kurotori/DGABC

15/11/2020 | 18:24


Atualizado às 18h56

Candidato à Prefeitura de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi (PL) foi recepcionado pelos correligionários com festa. Por volta das 18h30, o político chegou ao escritório do partido, no Pastorinho, onde equipe acompanha a apuração enquanto realiza contagem prévia dos votos com base no relatório das urnas. “Esta apuração que fazemos em paralelo já define uma vitória irreversível. Neste momento, consideramos que saímos das urnas vencedores”, disse. Em relação ao risco da candidatura ser impugnada, Volpi garantiu estar confiante. “Temos muitos recursos a serem impetrados, muitos julgamentos. Estamos com o corpo jurídico muito bom, não teremos nenhum problema”, apontou.

Equipe do candidato aguarda resultado das eleições com otimismo. Ele já foi prefeito da estância. “Fizemos a lição de casa. Estamos otimistas, trabalhamos quase dois anos na candidatura do (candidato à prefeito) e agora esperamos a abertura das urnas”, afirmou o presidente municipal do PL, Nonô Nardelli.

Principal adversário, o atual prefeito e candidato à reeleição Kiko Teixeira (PSDB) tenta convencer a Justiça Eleitoral a indeferir a campanha de Volpi. Isso porque o ex-prefeito teve as contas de 2012 rejeitadas pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado), que também foram reprovadas na Câmara. Embora a casa tenha revisto a decisão e voltado atrás, o processo foi anulado pelo TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo).

Nardelli assinalou que não há o que temer, já que “todo mundo pode entrar com um pedido” e que o departamento jurídico do partido está pronto para defender Volpi.

Candidato a vice-prefeito, Amigão D’Orto disse que está ansioso e aposta na experiência de Volpi para comandar a Prefeitura de Ribeirão Pires. “Ele conhece como funciona. Vamos fazer a mudança necessária”, comentou em alusão às promessas proferidas durante a campanha, que incluem a redução das secretarias de 21 para 12 e a redução de cargos comissionados de cerca de 400 para 100.

Equipe de reportagem acompanha a apuração no escritório do PL no Pastorinho. Correligionários estão contabilizando votos com base em relatório das urnas dos colégios eleitorais da cidade.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;