Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 24 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Jovem é morto após abordagem policial

Reprodução/Facebook Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Bruno Gomes de Lima estava com amigo na garupa quando foi parado por policiais; foi instaurada investigação para saber se tiro foi acidental ou proposital


Da Redação

11/11/2020 | 11:56


Bruno Gomes de Lima, 23 anos, foi morto na noite de ontem após abordagem policial, em Diadema. O rapaz, que segundo familiares havia saído para ir na casa de um amigo, foi abordado por policiais militares e recebeu um tiro no pescoço.

Em entrevista para Globo, o tenente Orlei Brito afirmou que o jovem não obedeceu a ordem de parada dada pelos policiais. "Em determinado momento, a moto escorregou, caiu, o Yuri (amigo de Bruno) se levantou, já de pronto, sem oferecer resistência. Porém, o Bruno investiu contra o policial e, em determinado momento, tentou alcançar a arma dele e foi onde houve o disparo."

Já a mãe do rapaz, emocionada, disse que Bruno era trabalhador, mas deve ter ficado assustado porque estava sem o documento da moto. "Se ele não estava com documento da moto, se ele tentou dar uma fuga, tudo bem, ficou medo. Qual que era (a atitude correta) a do policial? Usar o protocolo correto, revistar ele. Deram um tiro no pescoço dele, o tiro foi para executar ele logo. Não revistaram. Levasse para a delegacia, fizesse o que quisesse, mas não matar meu filho, ele não resistiu", disse à emissora.

O motivo do disparo será apurado pela polícia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jovem é morto após abordagem policial

Bruno Gomes de Lima estava com amigo na garupa quando foi parado por policiais; foi instaurada investigação para saber se tiro foi acidental ou proposital

Da Redação

11/11/2020 | 11:56


Bruno Gomes de Lima, 23 anos, foi morto na noite de ontem após abordagem policial, em Diadema. O rapaz, que segundo familiares havia saído para ir na casa de um amigo, foi abordado por policiais militares e recebeu um tiro no pescoço.

Em entrevista para Globo, o tenente Orlei Brito afirmou que o jovem não obedeceu a ordem de parada dada pelos policiais. "Em determinado momento, a moto escorregou, caiu, o Yuri (amigo de Bruno) se levantou, já de pronto, sem oferecer resistência. Porém, o Bruno investiu contra o policial e, em determinado momento, tentou alcançar a arma dele e foi onde houve o disparo."

Já a mãe do rapaz, emocionada, disse que Bruno era trabalhador, mas deve ter ficado assustado porque estava sem o documento da moto. "Se ele não estava com documento da moto, se ele tentou dar uma fuga, tudo bem, ficou medo. Qual que era (a atitude correta) a do policial? Usar o protocolo correto, revistar ele. Deram um tiro no pescoço dele, o tiro foi para executar ele logo. Não revistaram. Levasse para a delegacia, fizesse o que quisesse, mas não matar meu filho, ele não resistiu", disse à emissora.

O motivo do disparo será apurado pela polícia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;