Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Estado não atualiza boletim da Covid desde quinta

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Problema no sistema do Ministério da Saúde é a causa; Grande ABC totaliza 2.833 mortes


Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

09/11/2020 | 23:55


O governo do Estado de São Paulo não divulga boletim atualizando dados da Covid-19 desde quinta-feira. Isso porque o e-SUS, sistema do Ministério da Saúde que consolida os números de casos, mortes e recuperados de todo País, está instável. Na sexta-feira, o governo federal divulgou nota informando que as equipes do Datasus estariam reestabelecendo as páginas e que nenhum dado foi perdido.

Último balanço estadual indicava que São Paulo registrava 1.125.936 diagnósticos positivos, 39.717 óbitos e 1.023.885 recuperados desde o início da pandemia.

No Simi (Sistema de Monitoramento Inteligente), gerido pela Fundação Seade, a taxa de ocupação dos leitos foi atualizada ontem. Na Grande São Paulo, incluindo o Grande ABC, 43,9% dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) estão ocupados, enquanto na enfermaria o percentual é de 40,4%.

Segundo o Ministério da Saúde, são 5.675.032 infectados no Brasil, dos quais 162.628 morreram. Também em razão dos problemas no sistema, a quantidade de recuperados e de pacientes em acompanhamento são os mesmos desde quarta-feira – 5.064.344 e 364.575, respectivamente.

No fim de semana, o mundo ultrapassou a marca de 50 milhões de casos. Ontem, a Universidade Johns Hopkins indicava 50.768.019 positivos e 1.260.990 óbitos em todo planeta. Ao mesmo tempo, 33.140.472 pessoas foram curadas.

GRANDE ABC
Na região, as prefeituras confirmaram mais 290 casos de Covid, totalizando 74.833 diagnósticos. Cidade com mais positivos, São Bernardo contabiliza 31.519 positivos, seguida por Santo André (20.824), Diadema (9.734), Mauá (6.518), São Caetano (4.330), Ribeirão Pires (1.282) e Rio Grande da Serra (626). Do total, 65.508 foram recuperadas.

Após registrar mais 11 óbitos causados pelo novo coronavírus ontem, as sete cidades somam 2.833 vidas ceifadas. As vítimas eram moradoras de São Bernardo (979), Santo André (654), Diadema (478), Mauá (363), São Caetano (244), Ribeirão Pires (88) e Rio Grande da Serra (27).

Na semana encerrada no sábado, o Grande ABC confirmou 48 mortes causadas pelo coronavírus, média de sete vítimas por dia. Trata-se da primeira redução semanal após duas semanas consecutivas de aumento – nos sete dias anteriores, foram 57 óbitos, cerca de oito a cada 24 horas. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Estado não atualiza boletim da Covid desde quinta

Problema no sistema do Ministério da Saúde é a causa; Grande ABC totaliza 2.833 mortes

Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

09/11/2020 | 23:55


O governo do Estado de São Paulo não divulga boletim atualizando dados da Covid-19 desde quinta-feira. Isso porque o e-SUS, sistema do Ministério da Saúde que consolida os números de casos, mortes e recuperados de todo País, está instável. Na sexta-feira, o governo federal divulgou nota informando que as equipes do Datasus estariam reestabelecendo as páginas e que nenhum dado foi perdido.

Último balanço estadual indicava que São Paulo registrava 1.125.936 diagnósticos positivos, 39.717 óbitos e 1.023.885 recuperados desde o início da pandemia.

No Simi (Sistema de Monitoramento Inteligente), gerido pela Fundação Seade, a taxa de ocupação dos leitos foi atualizada ontem. Na Grande São Paulo, incluindo o Grande ABC, 43,9% dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) estão ocupados, enquanto na enfermaria o percentual é de 40,4%.

Segundo o Ministério da Saúde, são 5.675.032 infectados no Brasil, dos quais 162.628 morreram. Também em razão dos problemas no sistema, a quantidade de recuperados e de pacientes em acompanhamento são os mesmos desde quarta-feira – 5.064.344 e 364.575, respectivamente.

No fim de semana, o mundo ultrapassou a marca de 50 milhões de casos. Ontem, a Universidade Johns Hopkins indicava 50.768.019 positivos e 1.260.990 óbitos em todo planeta. Ao mesmo tempo, 33.140.472 pessoas foram curadas.

GRANDE ABC
Na região, as prefeituras confirmaram mais 290 casos de Covid, totalizando 74.833 diagnósticos. Cidade com mais positivos, São Bernardo contabiliza 31.519 positivos, seguida por Santo André (20.824), Diadema (9.734), Mauá (6.518), São Caetano (4.330), Ribeirão Pires (1.282) e Rio Grande da Serra (626). Do total, 65.508 foram recuperadas.

Após registrar mais 11 óbitos causados pelo novo coronavírus ontem, as sete cidades somam 2.833 vidas ceifadas. As vítimas eram moradoras de São Bernardo (979), Santo André (654), Diadema (478), Mauá (363), São Caetano (244), Ribeirão Pires (88) e Rio Grande da Serra (27).

Na semana encerrada no sábado, o Grande ABC confirmou 48 mortes causadas pelo coronavírus, média de sete vítimas por dia. Trata-se da primeira redução semanal após duas semanas consecutivas de aumento – nos sete dias anteriores, foram 57 óbitos, cerca de oito a cada 24 horas. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;