Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Randolfe: estamos em sistema de racionamento de energia em Macapá

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


07/11/2020 | 11:39


Após o religamento de parte da carga de eletricidade no Amapá na madrugada deste sábado, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) confirmou que o atendimento aos moradores será feito em forma de "racionamento", com fornecimento intercalado durante algumas horas entre os bairros.

"Aos poucos a energia retorna em alguns locais do estado do Amapá, na capital Macapá e em Santana. Estamos a partir de agora em um sistema de racionamento. Alguns bairros vão ter energia fornecida por algumas horas, e haverá um sistema de alternância com outros bairros. É uma situação pelo menos melhor que o caos e o drama que estava anteriormente", afirmou o senador, em um vídeo publicado em seu perfil no Instagram. "Permanece em alguns bairros a falta dágua e a situação ainda é delicada em muitos locais do Estado", completou.

Segundo o governo estadual, um cronograma de racionamento para os próximos dias deve ser divulgado ainda neste sábado. Mais cedo, o Ministério de Minas e Energia informou que Macapá voltou a receber energia elétrica após ter sido reconectada ao Sistema Interligado Nacional (SIN) durante a madrugada. De acordo com a pasta, a religação do fornecimento de eletricidade está sendo feita de forma escalonada, e a capital do Amapá já estaria recebendo cerca de um terço da carga típica para o horário.

Um incêndio na subestação Macapá ocorrido na noite de terça-feira, 3, levou ao desligamento automático da linha de transmissão Laranjal/Macapá e das usinas hidrelétricas de Coaracy Nunes e Ferreira Gomes. O fogo tomou conta da subestação e interrompeu cerca de 250 MW de carga elétrica. Ao todo, 14 dos 16 municípios do Estado ficaram sem energia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Randolfe: estamos em sistema de racionamento de energia em Macapá


07/11/2020 | 11:39


Após o religamento de parte da carga de eletricidade no Amapá na madrugada deste sábado, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) confirmou que o atendimento aos moradores será feito em forma de "racionamento", com fornecimento intercalado durante algumas horas entre os bairros.

"Aos poucos a energia retorna em alguns locais do estado do Amapá, na capital Macapá e em Santana. Estamos a partir de agora em um sistema de racionamento. Alguns bairros vão ter energia fornecida por algumas horas, e haverá um sistema de alternância com outros bairros. É uma situação pelo menos melhor que o caos e o drama que estava anteriormente", afirmou o senador, em um vídeo publicado em seu perfil no Instagram. "Permanece em alguns bairros a falta dágua e a situação ainda é delicada em muitos locais do Estado", completou.

Segundo o governo estadual, um cronograma de racionamento para os próximos dias deve ser divulgado ainda neste sábado. Mais cedo, o Ministério de Minas e Energia informou que Macapá voltou a receber energia elétrica após ter sido reconectada ao Sistema Interligado Nacional (SIN) durante a madrugada. De acordo com a pasta, a religação do fornecimento de eletricidade está sendo feita de forma escalonada, e a capital do Amapá já estaria recebendo cerca de um terço da carga típica para o horário.

Um incêndio na subestação Macapá ocorrido na noite de terça-feira, 3, levou ao desligamento automático da linha de transmissão Laranjal/Macapá e das usinas hidrelétricas de Coaracy Nunes e Ferreira Gomes. O fogo tomou conta da subestação e interrompeu cerca de 250 MW de carga elétrica. Ao todo, 14 dos 16 municípios do Estado ficaram sem energia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;