Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 3 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Série sueca promete emoções ao público

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

‘Amor e Anarquia’ é composta por oito episódios, com duração de meia hora cada um deles


Do Estdão Conteúdo

08/11/2020 | 07:00


Mal chegou ao catálogo da Netflix, a série sueca Amor e Anarquia (Love & Anarchy) promete bons momentos de tensão para o público. Tanto é verdade que já se especula se haverá uma segunda temporada, mas ainda não há confirmação dessa continuação. A produção é composta por apenas oito episódios, com duração de meia hora, aproximadamente, cada um deles.
 

A consultora Sofie Rydman (Ida Engvoll), casada e mãe de dois filhos, é contratada para modernizar uma antiga editora de livros e, para isso, contará com a ajuda do jovem Max Järvi (Björn Mosten), um técnico de TI (Tecnologia da Informação). Ao ser pega pelo rapaz quando estava fazendo algo impróprio, a relação entre os dois tomará nova dimensão.
 

A partir daí, Sofie e Max iniciam um inesperado jogo de sedução, que começa inocente, mas tomará outros rumos. De forma escondida e inocente, os dois se desafiam a fazer coisas que questionam as regras sociais da vida moderna. Mas a brincadeira ganha contornos mais ousados e as consequências serão na mesma proporção.
 

Com o passar do tempo, os desafios vão ficando cada vez mais complicados e arriscados. Em um determinado momento, o que seria uma diversão passa a significar um risco para a empresa, o que faz com que Sofie repense o que está fazendo. Mas deixar o jogo pode não ser assim tão simples.
 

Lisa Langseth foi a responsável pela criação da série. A mesma ainda assume também a direção de todos os oito episódios da primeira temporada, além de assinar o roteiro ao lado de Alex Haridi, Amanda Högberg e Antonia Pyk.

NOVIDADE - Na sexta-feira foi anunciado outro documentário da Netflix, Anitta: Made in Honório, que deve estar disponível dia 16 de dezembro. A informação foi confirmada pelo serviço de streaming.
A nova série documental acompanha a frenética rotina profissional de Anitta, com um olhar mais íntimo sobre a vida pessoal da artista. “A Anitta e a mãe dela no palco é só um gostinho do que vem aí”, diz o comunicado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Série sueca promete emoções ao público

‘Amor e Anarquia’ é composta por oito episódios, com duração de meia hora cada um deles

Do Estdão Conteúdo

08/11/2020 | 07:00


Mal chegou ao catálogo da Netflix, a série sueca Amor e Anarquia (Love & Anarchy) promete bons momentos de tensão para o público. Tanto é verdade que já se especula se haverá uma segunda temporada, mas ainda não há confirmação dessa continuação. A produção é composta por apenas oito episódios, com duração de meia hora, aproximadamente, cada um deles.
 

A consultora Sofie Rydman (Ida Engvoll), casada e mãe de dois filhos, é contratada para modernizar uma antiga editora de livros e, para isso, contará com a ajuda do jovem Max Järvi (Björn Mosten), um técnico de TI (Tecnologia da Informação). Ao ser pega pelo rapaz quando estava fazendo algo impróprio, a relação entre os dois tomará nova dimensão.
 

A partir daí, Sofie e Max iniciam um inesperado jogo de sedução, que começa inocente, mas tomará outros rumos. De forma escondida e inocente, os dois se desafiam a fazer coisas que questionam as regras sociais da vida moderna. Mas a brincadeira ganha contornos mais ousados e as consequências serão na mesma proporção.
 

Com o passar do tempo, os desafios vão ficando cada vez mais complicados e arriscados. Em um determinado momento, o que seria uma diversão passa a significar um risco para a empresa, o que faz com que Sofie repense o que está fazendo. Mas deixar o jogo pode não ser assim tão simples.
 

Lisa Langseth foi a responsável pela criação da série. A mesma ainda assume também a direção de todos os oito episódios da primeira temporada, além de assinar o roteiro ao lado de Alex Haridi, Amanda Högberg e Antonia Pyk.

NOVIDADE - Na sexta-feira foi anunciado outro documentário da Netflix, Anitta: Made in Honório, que deve estar disponível dia 16 de dezembro. A informação foi confirmada pelo serviço de streaming.
A nova série documental acompanha a frenética rotina profissional de Anitta, com um olhar mais íntimo sobre a vida pessoal da artista. “A Anitta e a mãe dela no palco é só um gostinho do que vem aí”, diz o comunicado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;