Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Azul: Demanda por voos cresce 41% em outubro ante setembro e oferta sobe 42,6%

Creative Commons Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


05/11/2020 | 20:19


A Azul divulgou nesta quinta-feira, 5, resultados preliminares de outubro. O tráfego de passageiros consolidado (RPKs) aumentou 41% ante setembro. A capacidade (ASKs), por sua vez, registrou alta de 42,6% ante setembro, resultando em uma taxa de ocupação de 79,3% - queda de 0,9 pontos porcentuais ante setembro.

Frente a outubro do ano passado, o tráfego da companhia aérea registrou queda de 45,2%, enquanto a capacidade encolheu 41,8%, resultando em um declínio de 4,9 pontos porcentuais na taxa de ocupação.

Na comparação mensal, o tráfego de passageiros doméstico aumentou 41,3% ante setembro, frente a um acréscimo de 41,3% também na capacidade, resultando em uma taxa de ocupação de 80,7%, mesma taxa apurada em setembro. Ante outubro do ano passado, o tráfego doméstico registrou queda 36,1%, com a capacidade recuando 33,5%, resultado em uma queda de 3,2 pontos porcentuais na taxa de ocupação.

Já no segmento internacional, em outubro o tráfego de passageiros cresceu 38% ante setembro, enquanto a capacidade aumentou 57,5%. Com isso, a taxa de ocupação do segmento ficou em 65,3%, indicando retração de 9,3 pontos porcentuais. Em relação a outubro do ano passado, o tráfego internacional da Azul apresentou queda de 80,3%. A capacidade nesta base de comparação recuou 74,3%, com queda de 20,1 pontos porcentuais na taxa de ocupação.

Em comunicado ao mercado, o presidente da companhia aérea, John Rodgerson, afirma que "a recuperação da demanda doméstica no Brasil continua sendo uma das mais rápidas do mundo. Estamos vendo uma forte demanda por nossos voos domésticos e permanecemos fiéis à nossa estratégia de malha. Nós estamos otimistas com a evolução da retomada nos próximos meses", disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Azul: Demanda por voos cresce 41% em outubro ante setembro e oferta sobe 42,6%


05/11/2020 | 20:19


A Azul divulgou nesta quinta-feira, 5, resultados preliminares de outubro. O tráfego de passageiros consolidado (RPKs) aumentou 41% ante setembro. A capacidade (ASKs), por sua vez, registrou alta de 42,6% ante setembro, resultando em uma taxa de ocupação de 79,3% - queda de 0,9 pontos porcentuais ante setembro.

Frente a outubro do ano passado, o tráfego da companhia aérea registrou queda de 45,2%, enquanto a capacidade encolheu 41,8%, resultando em um declínio de 4,9 pontos porcentuais na taxa de ocupação.

Na comparação mensal, o tráfego de passageiros doméstico aumentou 41,3% ante setembro, frente a um acréscimo de 41,3% também na capacidade, resultando em uma taxa de ocupação de 80,7%, mesma taxa apurada em setembro. Ante outubro do ano passado, o tráfego doméstico registrou queda 36,1%, com a capacidade recuando 33,5%, resultado em uma queda de 3,2 pontos porcentuais na taxa de ocupação.

Já no segmento internacional, em outubro o tráfego de passageiros cresceu 38% ante setembro, enquanto a capacidade aumentou 57,5%. Com isso, a taxa de ocupação do segmento ficou em 65,3%, indicando retração de 9,3 pontos porcentuais. Em relação a outubro do ano passado, o tráfego internacional da Azul apresentou queda de 80,3%. A capacidade nesta base de comparação recuou 74,3%, com queda de 20,1 pontos porcentuais na taxa de ocupação.

Em comunicado ao mercado, o presidente da companhia aérea, John Rodgerson, afirma que "a recuperação da demanda doméstica no Brasil continua sendo uma das mais rápidas do mundo. Estamos vendo uma forte demanda por nossos voos domésticos e permanecemos fiéis à nossa estratégia de malha. Nós estamos otimistas com a evolução da retomada nos próximos meses", disse.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;