Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 24 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

EUA ultrapassam 100 mil casos diários de covid-19, mostra Johns Hopkins

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


05/11/2020 | 16:08


Os Estados Unidos ultrapassaram hoje a marca de 100 mil casos diários de covid-19. De acordo com dados da universidade Johns Hopkins, foi registrado aumento de 102.821 contaminações nas últimas 24 horas, além de 1.097 mortes. É o novo recorde diário. O país totaliza agora 9.516.790 infecções e 234.011 óbitos.

Na Inglaterra, entra em vigor hoje o novo bloqueio nacional, na tentativa de frear a disseminação do novo coronavírus. O lockdown deve durar até dia 2 de dezembro, de acordo com o governo. Estabelecimentos que não oferecem serviços essenciais devem ser fechados. O governo também pede à população continue trabalhando no modelo de home office, a não ser que seja essencial sair de casa para exercer o ofício. Escolas e universidades seguirão abertas.

Somente na Inglaterra, 934.099 pessoas foram contaminadas e 21.863 morreram. Em todo o Reino Unido, são 1.099.059 de casos e 47.742 óbitos.

Na Grécia, também foi anunciado um novo bloqueio nacional. De acordo com o primeiro-ministro do país, Kyriakos Mitsotakis, o lockdown deve durar três semanas, começando a partir deste sábado (7). Comércios serão fechados no país, exceto supermercados e farmácias. Os gregos também precisarão de uma licença para sair ao ar livre em horários determinados.

A Grécia registra, até hoje, o total de 46.892 casos confirmados e 673 mortes, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Impondo novas restrições de fronteira, a China passou a proibir viajantes não-chineses de Reino Unido, Bélgica e Filipinas. A medida vem devido a preocupação do governo com onda de contaminação sofrida pela Europa e pelos Estados Unidos.

A capital do país, Pequim, também deve tomar medidas parecidas, de acordo com publicação do jornal britânico The Guardian. A partir de amanhã, viajantes dos Estados Unidos, Alemanha, República Tcheca e França devem ter testado negativo para covid-19 para obter permissão para entrar no país.

De acordo com a OMS, a China registra o total de 92.077 casos confirmados e 4.747 mortes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

EUA ultrapassam 100 mil casos diários de covid-19, mostra Johns Hopkins


05/11/2020 | 16:08


Os Estados Unidos ultrapassaram hoje a marca de 100 mil casos diários de covid-19. De acordo com dados da universidade Johns Hopkins, foi registrado aumento de 102.821 contaminações nas últimas 24 horas, além de 1.097 mortes. É o novo recorde diário. O país totaliza agora 9.516.790 infecções e 234.011 óbitos.

Na Inglaterra, entra em vigor hoje o novo bloqueio nacional, na tentativa de frear a disseminação do novo coronavírus. O lockdown deve durar até dia 2 de dezembro, de acordo com o governo. Estabelecimentos que não oferecem serviços essenciais devem ser fechados. O governo também pede à população continue trabalhando no modelo de home office, a não ser que seja essencial sair de casa para exercer o ofício. Escolas e universidades seguirão abertas.

Somente na Inglaterra, 934.099 pessoas foram contaminadas e 21.863 morreram. Em todo o Reino Unido, são 1.099.059 de casos e 47.742 óbitos.

Na Grécia, também foi anunciado um novo bloqueio nacional. De acordo com o primeiro-ministro do país, Kyriakos Mitsotakis, o lockdown deve durar três semanas, começando a partir deste sábado (7). Comércios serão fechados no país, exceto supermercados e farmácias. Os gregos também precisarão de uma licença para sair ao ar livre em horários determinados.

A Grécia registra, até hoje, o total de 46.892 casos confirmados e 673 mortes, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Impondo novas restrições de fronteira, a China passou a proibir viajantes não-chineses de Reino Unido, Bélgica e Filipinas. A medida vem devido a preocupação do governo com onda de contaminação sofrida pela Europa e pelos Estados Unidos.

A capital do país, Pequim, também deve tomar medidas parecidas, de acordo com publicação do jornal britânico The Guardian. A partir de amanhã, viajantes dos Estados Unidos, Alemanha, República Tcheca e França devem ter testado negativo para covid-19 para obter permissão para entrar no país.

De acordo com a OMS, a China registra o total de 92.077 casos confirmados e 4.747 mortes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;