Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 13 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Tecnologia

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301

Tinder disponibiliza videochamadas entre usuários; saiba como funciona

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

04/11/2020 | 19:48


O Tinder anunciou nesta terça-feira (27) o lançamento global do recurso Vídeo Chat, uma experiência, como o próprio nome diz, em vídeo entre duas pessoas. A novidade chega para ajudar os usuários que querem conhecer o match melhor, mas ainda não se sentem confortáveis para compartilhar informações pessoais, como o número de telefone. O recurso foi desenvolvido pela equipe de Trust and Safety da plataforma e traz algumas diretrizes para manter a videoconferência saudável.

Leia mais:
Os 5 maiores erros cometidos por usuários de aplicativos de namoro
Encontro seguro? Site de relacionamento facilita testes de covid-19 entre usuários
8 dicas para se dar bem em sites de relacionamento

Como o Tinder foi o percursor do formato que só permite a conversa quando duas pessoas estão interessadas, essa dinâmica foi mantida na chamada por vídeo. Na prática, se a conversa estiver fluindo e o usuário estiver pronto para participar de uma videoconferência, ele deve tocar no ícone de vídeo – no canto superior direito da tela. O Vídeo Chat, no entanto, só será ativado se os dois participantes habilitarem o recurso. O pulo do gato é que nenhum deles sabe quando a ferramenta foi solicitada.

É importante destacar que, após o Vídeo Chat ser desbloqueado, os dois participantes devem concordar com regras básicas de comportamento definidas pelo Tinder. Não está permitido vídeos que envolvam nudez ou conteúdo sexual, bem como assédio, discurso de ódio, violência e envolvimento de menores. Ao final da videochamada, é possível enviar um relatório à empresa caso o usuário tenha violado algum destes termos.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Tinder disponibiliza videochamadas entre usuários; saiba como funciona

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

04/11/2020 | 19:48


O Tinder anunciou nesta terça-feira (27) o lançamento global do recurso Vídeo Chat, uma experiência, como o próprio nome diz, em vídeo entre duas pessoas. A novidade chega para ajudar os usuários que querem conhecer o match melhor, mas ainda não se sentem confortáveis para compartilhar informações pessoais, como o número de telefone. O recurso foi desenvolvido pela equipe de Trust and Safety da plataforma e traz algumas diretrizes para manter a videoconferência saudável.

Leia mais:
Os 5 maiores erros cometidos por usuários de aplicativos de namoro
Encontro seguro? Site de relacionamento facilita testes de covid-19 entre usuários
8 dicas para se dar bem em sites de relacionamento

Como o Tinder foi o percursor do formato que só permite a conversa quando duas pessoas estão interessadas, essa dinâmica foi mantida na chamada por vídeo. Na prática, se a conversa estiver fluindo e o usuário estiver pronto para participar de uma videoconferência, ele deve tocar no ícone de vídeo – no canto superior direito da tela. O Vídeo Chat, no entanto, só será ativado se os dois participantes habilitarem o recurso. O pulo do gato é que nenhum deles sabe quando a ferramenta foi solicitada.

É importante destacar que, após o Vídeo Chat ser desbloqueado, os dois participantes devem concordar com regras básicas de comportamento definidas pelo Tinder. Não está permitido vídeos que envolvam nudez ou conteúdo sexual, bem como assédio, discurso de ódio, violência e envolvimento de menores. Ao final da videochamada, é possível enviar um relatório à empresa caso o usuário tenha violado algum destes termos.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;