Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Guarda Nacional faz segurança de usinas nucleares americanas


Do Diário OnLine

01/11/2001 | 00:00


Desde o “alerta máximo” do governo dos Estados Unidos para um novo ataque terrorista, a segurança nas usinas nucleares do país estão sendo reforçadas. Nesta quarta-feira, tropas da Guarda Nacional foram enviadas a instalações nucleares nos Estados de Arkansas, Louisiana e Mississipi.

Segundo a agência Reuters, a Entergy Corp., terceira maior administradora de geração de energia nos EUA, disse que pediu ajuda militar por causa do alerta, mas afirmou que não houve ameaça específica.

Nesta terça-feira, o subsecretário de Estado, John Bolton, reconheceu que os atentados do dia 11 de setembro aumentaram a preocupação de grupos terroristas utilizarem armas nucleares em ataques. “Minha preocupação aumentou desde o início da guerra”, disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Guarda Nacional faz segurança de usinas nucleares americanas

Do Diário OnLine

01/11/2001 | 00:00


Desde o “alerta máximo” do governo dos Estados Unidos para um novo ataque terrorista, a segurança nas usinas nucleares do país estão sendo reforçadas. Nesta quarta-feira, tropas da Guarda Nacional foram enviadas a instalações nucleares nos Estados de Arkansas, Louisiana e Mississipi.

Segundo a agência Reuters, a Entergy Corp., terceira maior administradora de geração de energia nos EUA, disse que pediu ajuda militar por causa do alerta, mas afirmou que não houve ameaça específica.

Nesta terça-feira, o subsecretário de Estado, John Bolton, reconheceu que os atentados do dia 11 de setembro aumentaram a preocupação de grupos terroristas utilizarem armas nucleares em ataques. “Minha preocupação aumentou desde o início da guerra”, disse.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;